São Marinho decide mais uma vez para o Vitória

Ergam uma estátua para este homem no início da Avenida Artêmio Valente no bairro de Nossa Senhora da Vitória. E se reclamarem, ergam duas. Uma em cada lado da avenida. Mudem o nome da capital. Agora se chamará São Salvador Marinho. Um monstro! Um Mito!


Gazeta Press
Gazeta Press

São Marinho decide mais uma para o Vitória.


O Leão foi valente como em toda sua história e deu um passo gigantesco para permanecer na Série A. Tudo graças a São Marinho, que se não é o melhor jogador do campeonato é, sem dúvidas, o mais decisivo na reta final. Foram 6 gols e 3 assistências nos últimos 5 jogos. Números que estão ajudando o Vitória no seu momento mais delicado. São 3 triunfos, 1 empate e 1 derrota.


O Vitória foi soberano nos primeiros 15 minutos da partida. Dominou, controlou o jogo sem erros de passes e contou com a genialidade de Marinho para marcar um golaço. Não, Não. Um gol digno dos grandes craques. Quem apareceu pela frente foi driblado e a bola morreu no fundo da rede. GOLAÇO! MUITO GOLAÇO!



Após o tento, o Leão deixou o Coxa criar chances e o paredão Fernando Miguel deu conta do recado com defesas importantes. Menção honrosa a William Farias mais uma vez. Como desarma o nosso capitão. O dono do meio campo. Triunfo monstruoso fora de casa! Importantíssimo no momento atual. AQUI É VITÓRIA!


99% salvos mas aquele 1%...


Só uma tragédia nos rebaixa para o inferno. São 99% de chances de permanência na Série A, mas aquele 1% ainda pode ser venenoso. Ao Leão basta um triunfo ou empate contra o Palmeiras no Barradão para não depender de mais ninguém.


Caso seja derrotado (bate na mesa 3x), o Internacional terá que tirar uma diferença de 6 gols de saldo. O colorado enfrenta o Fluminense no RJ que deverá entrar com o time provavelmente reserva.


Divulgação\Facebook
Divulgação\Facebook

Torcida do Vitória no Couto Pereira comemora o resultado.


Para a última rodada o Leão não contará com Victor Ramos, Norberto e Kieza. Ramon, Diego Renan e David deverão começar jogando. Argel tem a árdua missão de controlar os ânimos de todos dentro e fora de campo. A torcida resta lotar o Barradão e apoiar o time de inicio ao fim. AQUI É VITÓRIA!


SRN!