Caso Victor Ramos: o desespero colorado é vergonhoso

A novela continua. Na reta final do Campeonato Brasileiro, a sombra do caso 'Victor Ramos' volta à tona. O Sport Club Internacional não descarta ir ao STJD buscando provar irregularidades na transferência do atleta para o Vitória. Puro desespero! Vergonhoso para um clube do tamanho do Internacional tentar resolver na justiça desportiva o que não tem mais esperanças de resolver em campo. O campeonato ainda não acabou e ambos os clubes ainda possuem chances, mas tentar jogar sujo desse jeito não é correto. 


Divulgação/EC Vitória
Divulgação/EC Vitória

Caso Victor Ramos volta a tona no final de 2016


O caso é idêntico ao levantado pelo Flamengo de Guanambi/BA durante o Campeonato Baiano deste ano. Com o apoio financeiro e jurídico do rival, o Flamengo entrou no STJD tentando provar que a transferência de Victor Ramos teria sido internacional e por isso o atleta deveria ter seu nome publicado no BID em 16 de março, conforme regulamento do Campeonato Baiano. A publicação só ocorreu no dia 18 de março.


O Vitória se defende que a transferência é nacional. Victor Ramos estava emprestado ao Palmeiras até dezembro de 2015. No início de 2016, o atleta voltaria ao Monterrey-MEX, dono do passe, que não quis o atleta e por isso não solicitou a transferência do TMS, que permaneceu no Brasil. Com isso, o Vitória fechou o empréstimo e considerou a ação como nacional. Mais uma vez: o TMS não saiu do Brasil. A transferência foi entre federações nacionais. 


A Federação Baiana de Futebol e a CBF orientaram e validaram a ação do Vitória e o caso foi arquivado. 


O Internacional parece ter desistido com ainda duas partidas a disputar. Não descarta utilizar o STJD mesmo que o caso ja tenha sido analisado. Vale tudo para não cair, até manchar mais uma vez a história do Campeonato Brasileiro. 


Que o jogo, independente do resultado, seja resolvido dentro de campo!


SRN!