Renovado à força, Vasco encara o Galo no Horto

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Paulinho, com a bola, será titular pela primeira vez e Guilherme ficará no banco contra o Atlético-MG


Sem poder contar (talvez em definitivo) - com Nenê e com as contusões de Luis Fabiano e Wagner, o Vasco que entrará em campo logo mais contra o Atlético-MG será um time bem mais jovem. Todos sabemos que a renovação dos titulares não foi uma opção do Milton Mendes. Mas a chance que para mostrar que não precisa ser utilizada apenas em contingências deve ser agarrada com unhas e dentes pela molecada.


Até porque o jogo promete ser bastante complicado. Não apenas por jogarmos fora de casa, mas pela fase que atravessa nosso adversário. Fazendo uma campanha bem abaixo do que se poderia esperar pelo elenco que tem, o Galo demitiu o técnico Roger após a derrota para o Bahia no Horto. Dessa forma, o alvinegro mineiro precisa mostrar serviço tanto para sua torcida como para o novo treinador (que mesmo ainda não comandando o time hoje, certamente estará atento à partida).


Ou seja, a molecada terá pela frente um adversário bastante motivado pela frente. E um time com jogadores de muita qualidade. Será um teste de fogo para a garotada vascaína.


As entradas de Paulinho, Mateus Vital e Paulo Vitor mudará muito pouco a forma do Vasco jogar. Mendes seguirá com o 4-5-1, com Jean e Bruno Paulista à frente da zaga, Escudero tentando fazer algo de útil, Paulinho e Mateus abertos pelas pontas e Paulo Vitor na frente. Será um time com mais velocidade e movimentação na frente, mas que precisará controlar a ansiedade para não se descuidar da recomposição defensiva.


Ver os moleques formados na base é um desejo antigo da torcida e, como falei no começo do texto, essa é a oportunidade deles provarem seu valor. Apesar de muito jovens ainda, é o momento ideal para todos mostrarem que já têm maturidade para efetivamente brigarem por vagas entre os titulares.


ATLÉTICO-MG X VASCO


Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Saciliotti dos Santos Camargo (SP)


ATLÉTICO-MG: Giovanni, Alex Silva, Gabriel, Mancini e Leonan; Roger Bernardo, Rafael Carioca, Elias, Valdívia e Luan; Fred. Técnico: Diogo Giacominni.


VASCO: Martín Silva, Gilberto, Paulão, Rafael Marques e Ramon; Jean, Bruno Paulista, Escudero, Mateus Vital e Paulinho; Paulo Vitor. Técnico: Milton Mendes.


***


O time vem mais rejuvenescido e, na minha opinião, poderia vir ainda mais: difícil não achar que Guilherme Costa não mereceria uma chance no lugar do Escudero. Talvez Mendes esteja seguindo alguma espécie de cota para veteranos no meio de campo.