Hora da afirmação vascaína

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Semifinal contra o Fluminense é o momento perfeito para o Vasco superar o descrédito e se afirmar


Depois de um turno inteiro sem muita razão de existir, o Carioca de 2017 finalmente começa a ser decidido hoje, com a primeira semifinal da competição. E o embate entre Vasco e Fluminense já começou tem algum tempo, com a eterna briga pelo lugar da torcida na Arena Maracanã e a vitória tricolor nos tribunais (Ó, que novidade!) sobre o local do jogo.


Fora das cortes, onde sempre se sai bem, o Flu também se saiu melhor que o Vasco. O 3 a 0 dos tricoletes na estreia do Estadual ainda está na memória de todos e, junto com sua boa campanha ao longo do Carioca e a vantagem do empate para avançar à final, deixa na mente da maioria a certeza do favoritismo tricolete nessa semifinal.


E, sendo honesto, é vantagem demais do outro lado para negarmos que o favoritismo esteja com a equipe do laranjal. Mas como desfia a série de lugares-comuns, “favoritismo não vence jogo” e “clássico é clássico”. Se os tricoletes chegarem de salto alto, pensando que terão a mesma facilidade que tiveram na Taça Guanabara, poderão se surpreender.


Porque ainda que não seja um time pronto ou sem problemas, o Vasco do Milton Mendes é uma equipe bem diferente da que começou o ano, mais segura e confiante. Ainda que não tenha mostrado um futebol de encher os olhos, pode sim surpreender e vencer o Fluminense.


Mas para isso, precisará ser melhor do que tem sido. Se a defesa já não é mais uma porta sempre aberta para os adversários, o ataque continua aquém do que precisa ser. Como nosso adversário já começa o jogo com o resultado que lhe interessa, precisamos necessariamente de gols. Não podemos, de maneira nenhuma, repetir o jogo do primeiro turno, quando desperdiçamos duas ou três boas chances de marcar.


A entrada do Guilherme no time pode ajudar a resolver esse problema. Com um estilo mais intenso e a juventude que lhe permite fazer uma rápida transição do ataque para a defesa, o jovem meia fará com que tenhamos um time mais eficiente do que com Andrezinho em campo. O resto do time é o mesmo que já vem jogando há algum tempo, outra vantagem da chegada do Mendes: hoje, qualquer torcedor sabe de cor quem são os titulares do Vasco. Ainda que os erros de passe sejam mais do que o aceitável, ao menos o entrosamento é melhor que na época do Cristóvão.


Como não temos nada além do Brasileiro até o fim do ano, conquistar o tricampeonato se tornou não apenas uma prioridade, mas provavelmente a maior chance que o Vasco terá de trazer alguma felicidade para sua torcida em 2017. Temos que aproveitar o crescimento de produção da equipe – que já superou o tabu recente de não vencer times da Série A – e partir para uma sequência de bons jogos contra nossos rivais, o que pode nos garantir o título.


Uma vitória hoje trará a afirmação que falta para que todos vejam que o Vasco evoluiu de fato e que pode fazer frente contra os adversários que teremos no resto do ano. Não será uma missão fácil, mas diante do que tem feito o Vasco do Milton Mendes, podemos sim ter a esperança de manter a supremacia no Rio de Janeiro. 


FLUMINENSE X VASCO


Local: Arena Maracanã


Hora: 19h 


Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá


Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Diego Luiz Couto Barcelos


FLUMINENSE: Diego Cavallieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Douglas, Orejuela e Sornoza; Richarlison, Pedro e Wellington. Técnico: Abel Braga.


VASCO: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas Luiz, Guilherme Costa, Nenê e Yago Pikachu; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes.