Com Ganso ovacionado, Sevilla mantém invencibilidade na temporada

Sevilla FC, site oficial
Sevilla FC, site oficial

Nolito marcou e deu assistência hoje


Final: Sevilla 3 x 0 Eibar. Vitória sólida, bem construída. Apesar de os gols terem sido apenas no segundo tempo, o time criou chances boas na primeira etapa. Invencibilidade mantida e auto-estima elevada para a dura viagem a Liverpool.


O Sevilla apresentou evolução. Depois de algumas atuações bem estranhas no começo da temporada, hoje o time de Berizzo venceu com tranquilidade, mereceu o resultado. Apostando em um 4-3-3 claro, com Navas, Nolito e Ganso se aproximando de Ben Yedder, o time é ofensivo e cria chances sem muito esforço.


O adversário também não foi o mais difícil do mundo, o Eibar é apenas esforçado. Mas foi uma vitória diferente das outras nesta temporada, mais convincente. A ressaltar mais um gol de Ganso - dessa vez acompanhada por uma atuação boa o suficiente para sair ovacionado pela torcida no fim do jogo.


O elenco teve mudanças, mas a base está mantida. Não tinha muito sentido aquele começo ruim. O que se esperava do Sevilla está aí: 7 pontos em 9, classificação para a Champions, elenco sendo rodado e boa atuação. Não há muito a mais a se pedir.


Hoje, além de Ganso, Nolito e Sarabia foram muito bem. São dois jogadores fundamentais. Sarabia tem um mérito ainda maior: atuou como lateral-esquerdo, meia-esquerdo e meia-direito, com Sampaoli. Com Berizzo, joga por dentro, quase como um segundo volante. Seu segundo tempo foi superlativo.


Berizzo, tranquilo e sem muito estardalhaço, apresenta bons resultados - agora acompanhado de um bom desempenho. Apesar de usar um lateral defensivo como Mercado, seu time é muito ofensivo: manteve N'Zonzi como primeiro volante e agora atua com dois armadores (Sarabia e Ganso), além de três atacantes. 


Hoje, o time realmente agradou a torcida. Não há muito mais a pedir. Agora é preparar o duelo contra o Liverpool.


Avaliação individual


Sergio Rico - não foi exigido.


Mercado - correto. 


Carriço - boa atuação. Lento, mas não foi exigido, também.


Lenglet - discreto.


Escudero - mais uma vez, bem. Tem bons conceitos táticos.


N'Zonzi - sua permanência representa muito.


Sarabia - dono do jogo, fundamental que seja titular, vai acabar na Copa.


Ganso - outro que pode acabar na Copa se seguir assim.


Nolito - ainda meio pesado, mas tem muito talento. Gol e assistência.


Navas - exemplo para todos, corre como um animal.


Ben Yedder - mais um gol na conta. Vai fazer uns 25, faz tudo simples e sem chamar atenção.