55 milhões mais rico, Sevilla perde duas referências históricas

Getty Images
Getty Images

Sevilla 3 x 1 Liverpool, Sevilla 3 x 2 Dnipro, Sevilla 0 x 0 Benfica: Gracias


Vicente Iborra e Victor Machin VITOLO são duas referências do Sevilla, dois jogadores queridos pela torcida e muito próximos de deixarem o clube. Iborra irá para o Leicester, Vitolo para o Atlético (com uma exótica pausa em Las Palmas, por seis meses). 


No clube, ficam 55 milhões de euros. E muitas dúvidas. Tudo bem, ambos sairão por vontade própria. Iborra tem 29 anos, está na idade ideal para uma aventura em uma liga estrangeira, para o contrato de sua vida. Vitolo, embora um pouco mais novo, é um jogador que sai pelo valor de sua cláusula, 40 milhões de euros, após ganhar vários títulos - fora que ele veio por um valor irrisório.


Mesmo assim, ficam dúvidas. Será que as cláusulas do Sevilla só servem para ser quebradas? Até onde essas negociações vão parar? O 'vender para crescer' seguirá mesmo funcionando após a saíde de Monchi? Como o vestiário vai reagir a essas negociações? O Sevilla vai manter a mesma alma e a mesma trajetória vitoriosa, baseada em bom ambiente de trabalho e vestuarios sanos?


Certamente ainda é muito cedo para opinar, mas esses negócios mexem com a estrutura do elenco de uma forma bastante significativa. São jogadores cruciais para o equilíbrio do grupo, dois capitães, o que faz com que praticamente toda a temporada seja repensada.


Por outro lado, não deve ter pegado de surpresa a direção, por mais que não tenham sido exatamente negócios pretendidos. Mas o mercado 17-18 começa para o Sevilla agora, com esses negócios. É esperar para ver, parece não haver mês de julho sem negociações de dezenas de milhões de euros em Nervión...


Boa sorte para ambos. Verdadeiros ídolos, jogadores que serão lembrados daqui a algumas décadas. Nada que reprochar.