Vem ser feliz no Sevilla, Parejo

Getty Images
Getty Images

Parejo, meia técnico e organizador, interessa ao Sevilla faz tempo


Marcelino Garcia Toral assumiu o comando do Valencia. O treinador chega a agremiação che em baixa, depois de passar por Villareal e Sevilla sem grande sucesso. Aliás, seu estado atual combina com o Valencia atual, um clube venido a menos, envolvido em vários problemas, com uma direção de origem chinesa e pouco acostumada ao dia a dia do futebol.


O que tudo isso importa para o Sevilla? Importa porque Dani Parejo quer vir. E ele quer vir desde a temporada passada. Parejo é um craque. Um jogador de enorme categoria, perdido em um Valencia que é uma verdadeira bagunça. E é há alguns anos.


Parejo, venha pro Sevilla. Vale a pena forçar um pouco a barra. Ou seguir forçando. O Sevilla está na Champions, está na melhor fase de sua história. Você está na melhor fase de sua carreira. Combinam, um foi feito para o outro.


Getty Images
Getty Images

Javi Navarro abandonou o Valencia para levantar taças e ser ídolo no Sevilla


Da mesma forma que o monstro Javi Navarro e o igualmente histórico Andrés Palop deixaram Valencia no ostracismo para brilhar pelo Sevilla, Parejo precisa seguir o mesmo caminho.


Parejo, a hora é essa. Leve em consideração o que disse Marcelino na apresentação. Você não é imprescindível para ele. Ele mesmo disse. No Sevilla, vai ser o local certo para brilhar e até chegar à Copa do Mundo.


Parejo, Sevilla es tu casa.