São Paulo precisa, com urgência, reforçar sua horrorosa defesa

O clássico acabou. Derrota por 3 a 2 para um de nossos rivais em uma apresentação mais do que patética da defesa tricolor. Quando a escalação titular saiu, a surpresa pintou ao vermos Maicon, Douglas e Lucão formando o trio defensivo. Era óbvio que não daria certo, só mesmo o insano treinador do São Paulo imaginou que algo minimamente bom pudesse sair disso aí. Não deu, claro, e os três falharam feio durante a partida.

No primeiro gol, ficaram olhando Romero invadir a área sozinho e mostrando a total falta de entrosamento da equipe. No segundo gol, Maicon perdeu a bola sozinho no meio do campo, não acompanhou a jogada com velocidade e Lucão falhou feio (o que ele quis fazer, porra?) após a defesa de Renan Ribeiro. No segundo tempo, Douglas cometeu pênalti bobo após Maicon ficar olhando a troca de passes rival.

A defesa do São Paulo sem Rodrigo Caio é um desastre. Você pode não gostar do nosso atual zagueiro, que está defendendo somente a seleção de seu país e possui propostas de clubes europeus, mas ele é o melhor defensor no elenco atual. Sem sua presença, o time despenca no setor, e quinta-feira já tinha sido assim.


Ale Cabral/Agif/Gazeta Press
Ale Cabral/Agif/Gazeta Press

Enquanto essa defesa continuar, gols dos outros vamos olhar...


Lugano é um ex-jogador em atividade, nem conta. Sou contra a renovação dele, sim, nem por isso defendo os demais jogadores do elenco tricolor no setor. Todos, com exceção de Rodrigo Caio, são uma tristeza sem fim e, com frequência, estragam apresentações do time que poderiam ser muito boas.

A escalação de Rogério Ceni em Itaquera foi muito ruim. Vocês podem argumentar que essas são peças disponíveis no elenco e que a culpa não é dele. Verdade, isso sim. Mas ele não sugeriu um único nome decente para a tão criticada defesa do time, que falha desde o primeiro jogo da temporada, enquanto o ataque sempre ganha peças novas semana após semana.

O São Paulo precisa, com urgência, reforçar seu setor defensivo. Não apenas os zagueiros, mas também os laterais. Mandar o Lucão embora é um dever básico do clube. Se aparecer proposta pelo Maicon, pode vender também, não tem problema. A questão é que o time não conta com muitas peças confiáveis no elenco para a zaga, ainda mais sem Rodrigo Caio, e precisa se reforçar antes de perder o camisa 3.

Gastar não é problema, aparentemente, já que o fraco Maicon custou 'apenas' R$ 22 milhões (e mais 50% de outras duas promessas) para os cofres do clube. Pouca coisa, né?

O cenário é assustador e pode piorar muito mais. O jogo de hoje foi só um exemplo de como ainda vamos sofrer com esses zagueiros e as maluquices do técnico. E estamos apenas na sexta rodada, vale sempre lembrar.