Interesse em Maicosuel mostra como o São Paulo está perdido

A derrota para a Ponte Preta ainda estava fresca quando a notícia surgiu. O São Paulo está de olho em Maicosuel. Aliás, segundo informações preliminares, o clube está bem perto de anunciar sua contratação. Valores são estipulados nas redes sociais, mas nada concreto ainda foi divulgado sobre isso. Só a sondagem a um atleta desses, que não joga em nível decente há anos, já mostra como o São Paulo está perdido dentro e fora de campo.

Maicosuel fez seu nome no Botafogo há muitos anos. Jogou bem, é verdade, mas bom futebol é algo que não vemos nele há muito tempo. No Atlético-MG, clube que atualmente, defende, amarga a reserva e pouco faz quando entra em campo. A impressão que me dá é que ele atua por pressão, já que o clube precisou desembolsar uma boa quantia para tê-lo. No São Paulo, clube que ainda está se remontando e organizando, quem garante que ele fará um bom papel?


Bruno Cantini/ Atlético
Bruno Cantini/ Atlético

Maicosuel pertence ao Atlético-MG, mas tem jogado pouco pelo clube mineiro


A questão ainda levanta um debate sobre o clube dentro de campo. Maicosuel é um meia que pode jogar pelas pontas e centralizado. A sua chegada seria para suprir a não contratação de Everton Ribeiro, que deve assinar com o Flamengo. Mesmo assim, no elenco temos Shaylon e Lucas Fernandes que não ganham oportunidades de jeito nenhum, mesmo que o treinador prefira apostar em outros jovens. Sendo assim, por que um novo medalhão para ganhar altos salários?

Opa, altos salários?

Aí entra a parte fora de campo do São Paulo. A diretoria perdeu Luiz Araújo e ganhou uma boa quantia em dinheiro. Vai guardar? Vai pagar dívidas? Vai apostar em jovens valores que custam pouco? Não, provavelmente vai apostar em Maicosuel, um jogador de 30 anos que provavelmente receberá um alto salário, muito maior do que merecerá por suas atuações. E os dirigentes tricolores vão achar normal.

Segundo as primeiras informações, o clube mineiro quer R$ 15 milhões pelo jogador. Não sei se o valor de fato procede, mas é um tanto quanto caro, ainda mais para um clube como o São Paulo, que está segurando as calças para fechar as contas. Não é um investimento que valha a pena sequer cogitar, mas, como o São Paulo não tem muita noção das coisas, vai lá tentar e quebrar a cara mesmo assim.

Dentro e fora de campo, o São Paulo é só tristeza. Haja paciência, de verdade.