Santos: é por semanas assim que eu vivo o futebol

O Santos pode perder para Corinthians e Barcelona? Pode, claro que pode. Acontece. Mas quantas semanas na vida de quem é louco por futebol e por um time são tão esperadas quanto uma em que um clássico e dois jogos de Libertadores são o destino?


Gazeta Press
Gazeta Press

Vanderlei sabe que é a hora de fazer história


Domingo o Santos recebe o Corinthians na Vila Belmiro. Não, eu não acho que exista chance de título, nem que o Santos precise pensar nisso. Mas o quão bacana seria ganhar um clássico do virtual campeão, como em 2016 contra o Palmeiras, e dar aquele susto?


Na quarta-feira, todos nossos olhos, corações, alma, enfim, estarão em Guayaquil. Libertadores. Quartas de final. Cinco anos longe. Mas o Santos voltou.


Sete dias depois, o jogo de volta, na Vila. Esperamos nada menos do que loucura, insanidade e demência coletiva. Isso é Libertadores. Lembram de 2012, nas quartas contra o Vélez? Quando Léo, já quase aposentado, mudou o jogo? Tudo que espero é uma loucura como aquela. 


É por semanas assim que nós, loucos por futebol, vivemos esse esporte tão maravilhoso. Que a gente se divirta e, após estes 10 dias, estejamos felizes e sem voz. E aguardando uma semifinal... Se permita sonhar.


Vila Belmiro: 100 Anos, 100 Jogos


Já divulguei aqui que lancei um livro recentemente, e ele é sobre a história de Urbano Caldeira, a Vila mais famosa do mundo. Se interessou? Me mande mensagem no Facebook, no Instagram, me liga, manda carta, sinal de fumaça ou telegrama (todas as redes estão na página principal deste blog). Envio com o maior prazer.


Divulgação
Divulgação

Você pode ler sobre 100 jogos especiais que marcaram os 100 anos do Santos. E sim, tem vitórias sobre o Corinthians e maluquices na Libertadores