Decidam-se: ou o Santos não está na briga ou perdeu chance de encostar no Corinthians

É curioso: quando o Santos vence, ou desde que o Santos se estabeleceu com a terceira posição na tabela, a análise diária feita não só por mídia, mas torcedores e mais, é a de que a equipe inexiste.


"Palmeiras, Grêmio e Flamengo tropeçam e sonho do título acaba". "Palmeiras, Grêmio e Flamengo vencem e sonho do título volta". Mesmo com o Santos acima há muitas rodadas de dois destes times, não é citado nesse tipo de manchete.


Agora, com os quatro empates seguidos, já vejo pessoas falando que "o sonho do titulo, de desafiar o Corinthians" acabou.


Mas não era o Santos que não estava na briga? Se estava, por que não era citado quando ganhava?


Gazeta Press
Gazeta Press

Ricardo Oliveira lamenta não só o gol do Cruzeiro, mas sua própria atuação


Decidam-se: o Santos não está nem nunca esteve nessa briga e aparece em 3° por acaso e culpa exclusiva dos rivais incapazes de alcançá-lo, ou esses quatro jogos sem vitória foram apenas desperdício de oportunidade?


Porque o Santos é isso: não tem futebol para estar em terceiro. Mas está lá há muito tempo. Não tem futebol para brigar com o Corinthians (ou melhor, com a pontuação do Corinthians). Mas, quando não alcança, é criticado.


Críticas são sempre bem-vindas. Mas coerência é mais. Decidam-se, por favor.