Esqueçam a tabela. Não contem os títulos. O Santinha é a torcida. Uma simbiose povo-clube, que vai além da performance na cancha. A simplicidade dos garotos descalços do pátio de Santa Cruz e o amor incondicional que tinham pelo futebol permanecem como vocação em cada tricolor. Não é diferente com Pedro Costa, jornalista recifense e autor do Arrudiando, um blog feito para discutir O Mais Querido.