'Meninos de Guti' fazem pré-temporada com o time principal do Real Madrid

A última temporada foi histórica para o Juvenil A do Real Madrid. Treinado por Guti, antigo meia da equipe merengue - e também formado nas categorias de base do clube - o time conseguiu a tríplice coroa, conquistando a Liga, a Copa del Rey e a Copa de Campeones - um feito que não passou despercebido por Zinédine Zidane, técnico da equipe principal. Por esse motivo, o francês decidiu incluir na pré-temporada realizada nos Estados Unidos, quatro jogadores cruciais para essas conquistas: Manu Hernando, Óscar Rodríguez, Franchu e Dani Gómez.


A grande verdade é que Zidane sabe que o futuro do Real Madrid passa pelos pés desses jovens jogadores. E, por ter iniciado sua carreira como técnico justamente no Castilla, Zizou passou a ter um contato mais próximo com La Fábrica (como é conhecida a cantera madridista) e viu como são importantes e talentosos os atletas que saem dali. Esses quatro jovens não fogem à regra e na próxima temporada serão promovidos do Juvenil A para o Castilla, comandado por Santiago Solari. A incorporação, pouco a pouco, à realidade da equipe profissional, só traz ganhos para os jogadores.


E, como o radar da mídia normalmente passa longe desses jovens, selecionei algumas características e curiosidades de cada um deles, que dentro de pouco tempo poderão ser aproveitadas no time principal do Real Madrid.


Manu Hernando


Prestes a completar 19 anos (no próximo 19 de julho), o jovem espanhol é considerado um imperador na zaga. Dotado de grande força física e com excelente capacidade de organizar o jogo, compensa sua pouca altura - 1,81m, o faz ser comparado com Nacho - com velocidade e senso de posicionamento.


Getty Images
Getty Images

Passar por ele não é tarefa fácil


Manu Hernando chegou ao Real Madrid em 2010, como Infantil B, e suas qualidades na defesa e como organizador de jogadas o ajudaram a se destacar em todas as categorias que passou. Na temporada 2013-14 o Liverpool fez de tudo para tirar o jogador da cantera merengue, mas a vontade de Manu, madridista desde criança, foi a de seguir no clube, renovando seu contrato até 2019.


Óscar Rodríguez


O grande cérebro do time comandado por Guti. Com apenas 19 anos de idade, Óscar Rodríguez já reúne as qualidades de um clássico camisa 10. Marcou 22 gols na última temporada, um deles na decisão da Copa del Rey contra o Atlético de Madrid. Capitão do Juvenil A, era o responsável por organizar e armar as jogadas, o típico meia que põe o pé sobre a bola e coloca algum companheiro na cara do gol, além de ser uma importante arma nas cobranças de falta.


Getty Images
Getty Images

O camisa 10 tem talento de sobra


Seu desempenho na última temporada fez com que alguns times da Premier League demonstrassem interesse no jogador, mas o Real Madrid foi irredutível em todas as sondagens. O jovem é considerado uma das maiores promessas da cantera merengue para os próximos anos e está sendo trabalhado com muito cuidado para que o clube possa usufruir de sua qualidade em um futuro próximo.


Franchu


O argentino Francisco Feuillassier, mais conhecido como Franchu, tem 18 anos e chegou a Espanha de forma curiosa. Seu irmão mais velho, Santiago Feuillassier foi levado para jogar nas categorias de base do Real Madrid por Juan Esnáider, ex-atacante merengue e, dessa forma, toda sua família mudou-se para a capital espanhola. Pouco depois foi a vez de Franchu começar a dar seus primeiros passos no futebol, mas de forma despretenciosa, apenas para ser uma válvula de escape para o garoto que dava muito trabalho aos pais.


Em pouquíssimo tempo os treinadores viram o potencial do menino e começaram a tratá-lo como uma grande promessa, mas o jovem continuava apenas se divertindo, afinal, tinha apenas 11 anos de idade. Três anos depois ele deixou o Real Madrid e foi para o Rayo Vallecano, onde o seu crescimento aconteceu de forma espantosa. Franchu foi campeão da Copa del Rey e da La Liga Juvenil, vencendo justamente o Real Madrid, e foi somente então que retornou a Valdebebas, para ingressar na equipe de Guti que conquistou a tríplice coroa.


Getty Images
Getty Images

Velocidade e objetividade são a marca de Franchu


Seu estilo de jogo se assemelha ao de Marco Asensio, já que possui enorme qualidade para jogar pelos lados do campo, mas quando aproveitado de forma centralizada também rende muito bem. Excelente finalizador, Franchu pode ser considerado um meia atacante polivalente, que oferece muitas possibilidades para o treinador e seus companheiros em campo.


Dani Gómez


Mais um atleta para aumentar a lista de goleadores produzidos na La Fábrica. O camisa 9 que completará 19 anos no dia 30 de julho é explosivo, com boa potência física, e destaca-se por sua mobilidade e facilidade de livrar-se dos marcadores, além, claro, do faro de gol.


O "Tubarão de Alcorcón", como é conhecido, foi promovido ao Juvenil A por Santiago Solari, então técnico da equipe. O argentino não teve dúvidas do seu potencial e confiou cegamente no jogador. Guti teve a mesma certeza ao vê-lo nos treinamentos e o manteve como titular do time, fazendo dele seu atacante de confiança.


Getty Images
Getty Images

Apenas um dia comum na vida de Dani Gómez


Essa etapa nos Estados Unidos, treinando com o time principal do Real Madrid, será excelente para Dani desenvolver ainda mais o seu jogo e evoluir pontos necessários, que o ajudarão na próxima temporada com o Castilla e já deixará Zidane ciente de que, em um futuro próximo, poderá contar com ele.


Há muito tempo o Real Madrid não mostra uma fase tão boa do ponto de vista estrutural. As contratações vem sendo acertadas, sem extravagâncias megalomaníacas, e a base recebe o devido tratamento, com jogadores sendo aproveitados no momento certo e recebendo importantes oportunidades de crescimento junto aos mais experientes.


É evidente que nem todos serão aproveitados no time principal, mas o importante é dar condições a todos e, principalmente, prepará-los da melhor forma para a carreira que escolheram seguir. O Real Madrid mostra esse compromisso, visando um futuro vencedor, e os jovens só tem a ganhar com isso, seja seguindo no próprio clube ou trilhando novos caminhos no futuro.



Siga Rodrigo Rebelo no Twitter | Siga o Conexão Merengue no Twitter | Curta o Conexão Merengue | Curta o ESPN FC