PSG caiu em um grupo ideal na Champions

Reprodução/PSG
Reprodução/PSG

Este é o grupo parisiense na Champions 2017-2018


Nunca foi segredo que todo o projeto da QSI no Paris Saint-Germain gira em torno de um desejo: ganhar a Champions League o mais rápido possível. Até agora, o time colecionou alguns momentos memoráveis e outros fracassos retumbantes, e mais uma chance se aproxima no horizonte parisiense nesta temporada.


Conhecemos nesta quinta-feira (24) os adversários da equipe na fase de grupos. Logo de cara, caímos na mesma chave do poderosíssimo Bayern de Munique. Depois, vieram os belgas do Anderlecht e os escoceses do Celtic, duas equipes muito tradicionais em seus respectivos países. Neste Grupo B, todos são os atuais campeões nacionais em suas ligas, menos nós.


Começaremos nossa jornada diante do Celtic, em Glasgow. Um estádio mítico, com uma torcida espetacular, que fazem os escoceses crescerem muito em casa. Já o Anderlecht é um adversário conhecido – nos enfrentamos na temporada 2013-14, com um empate por 1 a 1 no Parc e uma goleada por 5 a 0 na Bélgica. Será outro adversário bem interessante, com a vantagem de uma viagem bastante curta para jogar fora de casa.


Mas o que todos estão esperando são os duelos diante do Bayern. Os bávaros serão os favoritos, como seriam diante de qualquer outro clube do mundo hoje, fora o Real Madrid. Porém, enfrentá-los logo agora na fase de grupos é o melhor que poderia acontecer para o Paris. Após o vexame na Catalunha, ninguém sabe como será a reação da equipe diante de outro peso pesado. E pegar o Bayern nna fase de grupos, com uma margem de erros em caso de revés, é bom. E caso os vençamos, ganharemos moral para o mata-mata. Será diante dos alemães que veremos o real poder do Paris, fragilizado após o vexame do último ano, mas empolgado com a chegada de Neymar.


A classificação é obrigação e, como dito anteriormente, não somos os favoritos pela primeira posição, mas tenho total confiança de que poderemos conquistá-la. O Paris Saint-Germain deste ano entra na competição com um peso muito maior, precisando dar uma resposta definitiva em campo. Não basta ir bem, tem que mostrar que o elenco não é formado por covardes. Se a equipe será capaz, saberemos apenas com o tempo. Mas a torcida estará a cada dia empurrando-os, como sempre fizemos, e cada jogo terá de ser encarado como uma final.


ICI C’EST... PARIS!!!!!!