Jorge Henrique e Diguinho dizem não à Portuguesa

Saudações lusitanas a todos.


Torcedor da Portuguesa, imagina a possibilidade de ver Júlio César, Diguinho e Jorge Henrique entrarem em campo com a camisa da Lusa disputa da Série A2 do Campeonato Paulista e a Série D do Campeonato Brasileiro? Sim, esta possibilidade existiu. No último dia para as inscrições de jogadores para o estadual, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, mostrou-se disposto a emprestar os atletas para a Lusa, mas a Rubro-Verde ouviu um não dos jogadores, que desejam deixar o cruzmaltino apenas com a rescisão do contrato.


www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Jorge Henrique e Diguinho foram procurados pela Portuguesa para a temporada


A informação foi confirmada pelo presidente lusitano Alexandre de Barros. O lateral Julio Cesar também foi oferecido, mas não foi procurado, já que a Rubro-Verde havia preenchido as vagas para o setor.


"O Eurico se mostrou à disposição de emprestar os três jogadores, mas queríamos apenas os dois (Diguinho e Jorge Henrique). Ele disse que conversaria com os jogadores, mas que achava muito difícil, pois os atletas já haviam sido procurados por outros times e não tinham o interesse de sair. Falei com os jogadores e eles disseram que saem do Vasco apenas com rescisão de contrato", revelou o mandatário da Lusa. 


A negativa dos atletas já poderia ser esperada, pois poucos aceitariam o desafio de deixar a Série A para defender um Clube que hoje, defende a Série D e Série A2 do Paulista. Precisamos de referências para o meio-campo e ataque, mas já vimos que utilizar jogadores acostumados na Série A em uma outra divisão pode não dar certo.


Exemplo disso foram o Campeonato Brasileiro da Série B de 2009 e 2010. Com jogadores acostumados com a elite do nacional, como Felype Gabriel, Domingos, Athirson, Paulo Sérgio, Thiago Gomes, entre outros, a Rubro-Verde ficou dois anos no quase, na porta do G4. A mudança aconteceu apenas em 2011, quando foram buscados atletas com o perfil para a competição e conquistou o título.


Agora é tarde para o estadual, mas é necessário já pensar no Brasileirão. Precisamos montar duas equipes, para a Série D e Copa Paulista, e encontrar atletas acostumados a disputarem estas competições.


A volta dos que não foram


Sem conseguir fechar as quatro vagas restantes, a Lusa inscreveu o lateral Bruno Oliveira e o atacante Bruno Duarte para a disputa do Campeonato Paulista. O primeiro entrou na última vaga estava em aberto, enquanto o segundo entrou no lugar do meia Vinicius Martins, com lesão ligamentar no joelho - ficará até oito meses em tratamento.


Na trave


Divulgação/Joinville
Divulgação Joinville

Marcelinho Paraíba foi outro que quase desembarcou no Canindé


Um dos nomes especulados nas alamedas do Canindé nos últimos anos, Marcelinho Paraíba por pouco não preencheu a quarta vaga da Portuguesa para a Série A2 do Campeonato Paulista. O presidente Alexandre de Barros admitiu que as conversas estavam adiantadas, mas o presidente do Treze-PB pediu para que o jogador entrasse em campo na última quinta-feira (9) e não haveria tempo hábil para inscrevê-lo no estadual. 


Reforço


Na última quinta-feira (9), a Portuguesa anunciou a contratação do meio-campista Leandro Domingues, de 33 anos. O jogador iniciou a sua carreira no Vitória-BA, onde ficou de 2001 a 2006. De lá se transferiu para o Cruzeiro-MG. Teve passagens pelo Fluminense-RJ e futebol japonês, tendo retornado para o time baiano em outras três oportunidades durante esse período.