Namoro antigo: Alexis Sánchez pode se juntar ao City na próxima temporada

A esta altura, é possível dizer que a permanência de Alexis Sánchez no Arsenal na próxima temporada é altamente improvável. A recusa do atacante chileno em assinar um novo acordo com o time de Arsène Wenger diz muito, e o clube não sinaliza que pretende pagar o que o camisa 7 pede em termos de salário e tampouco lhe oferece uma perspectiva em formar um time forte para disputar títulos.


Tendo apenas mais um ano de contrato pela frente, parece um negócio melhor para o time de Londres vendê-lo ao final desta temporada do que permitir que ele saia na próxima sem qualquer custo para o clube que ele escolha defender a partir de então.


Nesta segunda-feira (10), Maks Cárdenas, repórter da Rádio Cooperativa, do Chile, informou que o City tem a dianteira na corrida para contar com os serviços de Alexis a partir de 2017/18.


Como se viu em mais de uma oportunidade na atual temporada, Pep não fez muita cerimônia para promover demonstrações públicas de afeto para com Alexis – o que já foi o suficiente para colocar ainda mais lenha na fogueira das especulações sobre o próximo destino do atacante. Além disso, Pep e Alexis ainda têm o histórico a seu favor, visto que trabalharam juntos por duas temporadas no Barcelona.


Getty
Getty

Juntos novamente? A ideia parece ótima


Não fosse o bastante, não seria exatamente a primeira vez que o City tentaria contar com o futebol de Alexis. Quando ainda atuava pela Udinese, o clube já havia feito uma aproximação, mas o chileno optou pelo Barcelona. Quando o time espanhol decidiu vender o atleta, o então técnico do City, Manuel Pellegrini, manifestou à diretoria o desejo de contratá-lo, mas o Financial Fair Play não permitiu que o negócio fosse levado adiante.


Hoje, com o City apresentando lucro ano após ano em seus balanços financeiros, tais restrições não seriam um problema para o City empenhar os valores necessários para garantir a assinatura de Alexis. Por ora, especula-se que quem quiser contar com o atacante vai precisar desembolsar algo em torno de £50 milhões de libras.


Ainda que o Arsenal esteja fazendo sua pior temporada em muito tempo, correndo sério risco de ficar de fora da Champions League pela primeira vez em 20 anos, Alexis Sánchez tem se mostrado um verdadeiro clarão de bom futebol em um time repleto de problemas ao longo do ano.



Curta o Manchester Connection no Facebook



Àqueles que possam questionar o valor de uma possível aquisição, é preciso levar em conta condições como o fato de Alexis ter 28 anos e estar no ápice de sua carreira, inclusive fisicamente. Além disso, há de se considerar algo que sempre é repetido aqui no blog: o mercado inglês é caro e transferências entre clubes que habitam o topo da tabela costumam ser ainda mais – especialmente se é o City que está do outro lado do balcão.


Dizer que a contratação de Alexis reforçaria e elevaria a qualidade do elenco é chover no molhado, afinal, a qualidade do atleta é mais do que conhecida e absolutamente inquestionável. Sabendo da admiração mútua entre ele e Pep e que ele dificilmente teria problemas em adaptar-se ao estilo de jogo do City, é o tipo de negócio que não tem contra, apenas prós.


Siga @javierfreitas