Toca o telefone: Pep sai em busca de um novo goleiro

Há alguns dias, diversos veículos de imprensa, sobretudo de Portugal, têm dado como certa a ida do goleiro brasileiro Ederson, do Benfica, para o City na próxima temporada.


O jornal português A Bola praticamente crava o acerto, com valor estimado entre 35 e 40 milhões de euros, dizendo que City e Benfica possuem um ‘acordo de cavalheiros’ para conduzir a transferência e ainda cita as razões pelas quais Ederson, um dos goleiros de maior destaque na temporada 2016/17, teria escolhido o City.


Getty
Getty

City quer Ederson e, agora, Ederson quer o City. Todo mundo sai ganhando


A exemplo de quando o clube contratou Gabriel Jesus, mais uma vez Pep Guardiola teria sido fundamental na decisão do atleta. Quando o City disputava Jesus com outras forças do continente como Barcelona e Bayern, um telefonema de Pep foi o suficiente para convencê-lo a se mudar para Manchester.


Com Ederson, a situação teria se repetido. Pep teria ligado para o arqueiro do Benfica, dito que está muito impressionado com suas atuações e que quer contar com ele a partir de 2017/18, garantindo ao brasileiro que ele seria o número #1 da equipe.



Curta o Manchester Connection no Facebook



Não só a forma recente de Ederson lhe dá crédito para chegar ao clube com essa posição, mas o fato de Caballero estar em fim de contrato e uma improvável volta por cima de Bravo só fazem tais possibilidades ganharem ainda mais força.


Aliás, Bravo tem tido seu nome ligado a um retorno ao futebol espanhol, com o Villarreal sendo o principal interessado em sua contratação.


Caso este cenário realmente se confirme, é grande a possibilidade de vermos o City indo não atrás de um goleiro na janela, mas de dois. Ou, então, poderíamos ver Gunn, cria da base, sendo promovido de terceiro goleiro a reserva imediato. A conferir.


Siga @javierfreitas