Quatro jogadores que o Lyon realmente pode contratar

A temporada europeia 2016/2017 está encerrada. Confirmações de novos atletas adquiridos por clubes já estão sendo divulgadas, mas a janela de transferências do verão europeu abrirá apenas no dia 1º de julho.


Aqui no Les Bad Gones já trouxemos duas listas com “sugestões” de jogadores (clique aqui e aqui) que poderiam ser contratados pelo Lyon, sendo estas apenas palpites deste blogueiro. Paralelamente, mencionamos nomes de atletas realmente pretendidos pelo Lyon (clique aqui).


Pedimos a alguns leitores atenção quando mencionamos 1) “é palpite”, 2) “é rumor”, 3) “o clube tem interesse” ou 4) “o clube monitora o status do jogador”. Sobretudo na última categoria, pois um clube pode monitorar qualquer jogador e o fato deste jogador ser muito caro não impede o clube de monitorá-lo.


Expressamos esta ressalva uma vez que, por acaso, o zagueiro Mamadou Sakho (Liverpool) foi inicialmente citado como “palpite” neste blog e dias depois o jornal francês L’Équipe afirmou que o Lyon “monitorava o status” do defensor. Ou seja não era “rumor”, mas o próprio Lyon deixa nas entrelinhas que Sakho é um atleta caro. Mais além citar Sakho foi um “palpite” certo, deste blogueiro.


Feitos estes esclarecimentos, a lista a seguir apresenta quatro atletas que o Lyon realmente tem interesse em contratar, e cujos nomes já foram mencionados tanto pelo L’Équipe quando por outros veículos da imprensa francesa.


1) Bertrand Traoré
Naturalidade: Burkina Faso
Posição: atacante
Clube: Chelsea (Inglaterra) – disputou a temporada 16/17 emprestado ao Ajax (Holanda)


Com apenas 21 anos, o atacante Bertrand Traoré realizou grande temporada 2016/2017. Oriundo de Burkina Faso (África), Traoré tem seus direitos federativos pertencentes ao inglês Chelsea, que o adquiriu em 2013 junto às categorias de base do francês Auxerre. Na época, Traoré tinha apenas 18 anos.


O jogador foi elencado no time principal dos blues londrinos em 2014, mas não conseguiu obter grande espaço. O Chelsea o emprestou ao holandês Vitesse na temporada 2014/2015, ocasião em que o atleta desenvolveu boa temporada. Traoré realizou 37 jogos e fez 18 gols.


Getty
Getty

Traoré jogando pelo Ajax na última edição da Europa League


Na temporada seguinte retornou ao Chelsea em momento turbulento, quando o treinador José Mourinho acabou demitido na metade do percurso. O atacante fez 18 partidas e marcou 5 gols, disputando posição com jogadores intocáveis em Stamford Bridge, como Diego Costa, Pedro, Eden Hazard e Willian.


Nesta temporada 16/17 foi emprestado ao Ajax, retornando à Holanda e encerrando o período com o vice-campeonato da Europa League e da Eredivisie holandesa. Traoré realizou 39 partidas, computando 13 gols e 6 assistências. Na EL o jogador fez 4 gols e concedeu 4 assistências.


Podendo atuar como atacante de área ou winger pelo lado direito, Traoré não deve ser tomado como o sucessor de Lacazette, caso o Lyon realmente o contrate. Devido à idade, Traoré é aposta para o futuro, algo que o Lyon costuma fazer ao adquirir jogadores promissores, revendendo-os por valor maior futuramente.


Traoré disputaria posição com Nabil Fekir, Rachid Ghezzal e Maxwel Cornet. Devido à excelente temporada pelo Ajax, o atacante se valorizou de forma expressiva. Consta que o presidente Jean-Michel Aulas já teria oferecido ao Chelsea cerca de 20 milhões de euros pelo jogador.


Veja gols e lances de Traoré jogando pelo Ajax



2) Jetro Willems
Naturalidade: Holanda
Posição: lateral-esquerdo
Clube: PSV Eindhoven (Holanda)


O nome do holandês Jetro Willems passou a ser veiculado pela imprensa francesa há pouco mais de uma semana. Aos 23 anos, Willems pertence ao PSV Eindhoven da Holanda.


O lateral-esquerdo participou do ciclo bicampeão holandês do PSV, nas temporadas 2014/2015 e 2015/2016. O atleta foi companheiro de time de Memphis Depay, hoje no Lyon e também integrante do plantel vitorioso na edição 14/15 da Eredivisie. Jetro e Memphis estavam no elenco da Holanda campeã da EURO sub 17, em 2011.


Getty
Getty

Willems atuando pelo PSV Eindhoven


Na última temporada, Jetro realizou 32 partidas pelo PSV. Anotou 2 gols e concedeu 3 assistências. A equipe de Eindhoven terminou a última Eredivisie na terceira colocação, qualificada para o playoff da próxima edição da Europa League. Na seleção da Holanda o lateral elenca 22 partidas disputadas.


No esquema de Bruno Génésio acostumamos a ver Jérémy Morel na lateral-esquerda, porém atuando praticamente como terceiro zagueiro. Morel é um jogador de 30 anos e Jetro Willems seria peça de reposição válida para o plantel. O lateral holandês está avaliado em 8 milhões de euros.


3) Ryad Boudebouz
Naturalidade: França - naturalizado argelino
Posição: meio-campo
Clube: Montpellier (França)


Com passagens por Sochaux e Bastia, o meia Ryad Boudebouz joga pelo Montpellier desde a temporada 2015/2016. Nascido na França, chegou a atuar por seleções de base francesas, optando pela naturalização argelina em 2010. Atualmente o atleta tem 27 anos.


Na última temporada Boudebouz disputou 34 partidas pelo Montpellier, tendo feito 11 gols e concedido 10 assistências. O meia pode atuar centralizado ou pelos lados, nas últimas temporadas, tendo se fixado mais pelo lado direito. Seu perfil o enquadra enquanto opção de reposição para Mathieu Valbuena (32 anos) que, por sua vez, pode deixar o Lyon. Os números de Valbuena na última temporada foram quase similares aos de Boudebouz: 43 jogos, 10 gols e 8 assistências valendo ressaltar que o Montpellier não disputou copas europeias.


Getty
Getty

Boudebouz, marcado por Ashley Cole em duelo Argélia x Inglaterra pela Copa de 2010


Quando se naturalizou argelino, Boudebouz tinha o prestígio do treinador bósnio Vahid Halilhodzić, então à frente da Argélia. Boudebouz disputou o Mundial 2010 pela seleção, tendo perdido preferência por volta de 2013. O meio-campista foi flagrado fumando narguilé junto a um companheiro de seleção, na concentração da Argélia que disputava a Copa das Nações Africanas 2013.


Halilhodzić voltou a convocar Boudebouz em 2014, mas o meia acabou incluso apenas na lista preliminar da seleção da Argélia que disputou a Copa de 2014. No total, Boudebouz contabiliza 24 partidas disputadas pela seleção argelina, tendo anotado 2 gols.


Avaliado em 10 milhões de euros Boudebouz é uma aposta razoável. Não é um jogador high profile, mas, por outro lado, não custaria uma cifra astronômica. Necessário sobretudo se Valbuena confirmar transferência.


4) Javier “Chicharito” Hernández
Naturalidade: México
Posição: atacante
Clube: Bayer Leverkusen (Alemanha)


Primeiro grande nome divulgado dentre os atletas que o Lyon busca no mercado, o mexicano Javier “Chicharito” Hernández se enquadra no perfil procurado pelo clube: ostenta menos de 30 anos e encontra-se com vínculo contratual a expirar na metade de 2018.


Com 28 anos, Chicharito pertence ao Bayer Leverkusen. Uma vez que seu contrato expira em junho do próximo ano, o clube que pretende contratá-lo pode “pechinchar” o valor, já que os alemães não querem correr o risco de perder o jogador de graça. 


Getty
Getty

Chicharito em duelo entre Bayer Leverkusen x Tottenham pela última edição da Champions League


O status do Leverkusen também não é dos melhores, após a eliminação nas oitavas de final da última Champions League. O resultado ruim na UCL provocou troca de treinador e a consequência foi um distanciamento completo da zona de classificação para competições europeias. A equipe terminou a Bundesliga 16/17 na 12ª colocação.


Avaliado em 22 milhões de euros, Chicharito é inviável para um clube alemão médio que não disputará torneios europeus. Segundo a imprensa francesa, o Lyon já pode ter feito uma oferta inicial de 12 milhões de euros pelo atacante mexicano. Na última temporada Chicharito realizou 36 jogos, computando 13 gols e 4 assistências.


Caso se confirme a saída de Alexandre Lacazette, Chicharito pode ser considerado sua peça de reposição. O mexicano se tornou um centroavante de área nos últimos anos, podendo ainda atuar como segundo atacante ou mesmo posicionado aberto pelo lado direito.


Ídolo máximo no México, Chicharito tem um currículo imponente, elencando dois títulos de Premier League e um vice-campeonato de UCL pelo Manchester United, além do título do Mundial de Clubes 2014, vencido com o Real Madrid. Atuou pelos red devils ingleses entre 2010 e 2015 e pelos merengues espanhóis na temporada 14/15.


Pela seleção mexicana, o atacante disputou as Copas de 2010 e 2014 e foi campeão da Copa da Concacaf 2015. Contabiliza 91 partidas disputadas pelo selecionado do México e 47 gols marcados. Chicharito disputará a Copa das Confederações que está prestes a se iniciar, na Rússia.


Veja gols de Chicharito



- Siga o blogueiro Alexandre Kazuo no Twitter @Immortal_Kazuo