Invasões e agressões: uma semana infernal para o Lyon

Encerrando uma semana infernal, o Lyon foi à ilha de Córsega enfrentar o lanterna Bastia, em partida válida pela 33ª rodada da Ligue 1, neste domingo. Após as confusões na cidade de Lyon, na vitória contra o turco Besiktas pela Europa League na última quinta-feira, tudo ocorreria sem transtornos, certo?


Errado. Mais confusões nesta ocasião, proporcionadas pela torcida do Bastia, atrasaram o início da partida em 50 minutos, com o certame transcorrendo apenas pelo primeiro tempo. Devido ao ambiente pouco propício para a realização de uma partida de futebol, o jogo acabou cancelado.


O clima já era ruim durante o aquecimento dos jogadores, quando os lioneses Memphis Depay e o goleiro reserva Mathieu Gorgelin, foram hostilizados por um torcedor do Bastia. Durante os 50 minutos que atrasaram o início da partida às 17 hr (12 hr, horário de Brasília), representantes da Ligue 1 e departamento de segurança pública da ilha de Córsega optaram pelo início do jogo, sob possibilidade de interrupção definitiva.


Getty
Getty

O brasileiro Rafael Silva (a esquerda), em campo enquanto a bola rolou


E os problemas aconteceram. Ao sair de campo para o intervalo, o goleiro lionês Anthony Lopes foi agredido, além de um segurança do Bastia visto em alguns vídeos agredindo atletas e membros da delegação do Lyon. Por fim, a liga e o departamento de segurança corso,decidiram pelo adiamento da partida.


O L’Équipe ainda relatou tumulto que retardou a saída da delegação lionesa das dependências do estádio Armand Cesari, condicionada à ação armada da polícia local contendo os torcedores do Bastia.


E futebol?


O técnico Bruno Génésio tinha mandado a campo uma equipe praticamente reserva. Dentre os titulares frequentes apenas Lopes, Rafael Silva, Gonalons, Ghezzal e Memphis surgiram no alinhamento inicial. Lacazette, Valbuena, Jallet, Tolisso e Fekir sequer viajaram para a ilha.


Nos momentos que precederam o início atrasado da partida, Génésio já se mostrava avesso a realização do jogo. Segundo o L’Équipe o treinador dissera que seu time não estava “indo para a guerra”. O presidente lionês Jean-Michel Aulas queria já queria o adiamento da partida, tão logo as agressões ocorreram enquanto jogadores aqueciam.


Geopolítica francesa


Como já afirmamos aqui no Les Bad Gones, o momento sócio-político na França é tenso, devido à proximidade das eleições presidenciais, cujo pleito do primeiro turno acontecerá no próximo domingo 23/4.


A ilha de Córsega em especial alimenta intento separatista, desde a metade do século XX. A ilha está a sudeste do território francês e ao norte da ilha da Sardenha, território italiano. A ilha de Córsega já foi parte da Itália, tendo sido conquistada pela França no século XVI.


Mais recentemente, já no período entre guerras do início do século XX, a ilha de Córsega esteve à mercê das inconstâncias entre França e (num primeiro momento) à Itália de Benito Mussolini, favorável ao eixo liderado pela Alemanha. Num segundo momento os alemães exerceram domínio sobre alguns territórios franceses.


A ilha de pouco mais de 8500 km2 abriga cerca de 325 mil pessoas. Sua população engloba imigrantes argelinos, além de fomentar movimento separatista corso, que milita em nome da independência da ilha, em relação à França. É algo similar às questões do País Basco/Catalunha, observados dentro do reino da Espanha.


Enfim expressar insatisfação para com a ordem política vigente, valendo-se das atenções proporcionadas por um jogo de futebol, é um modus operandi comum a movimentos separatistas. Ali havia algo mais do que uma torcida insatisfeita com a iminente queda para a segunda divisão.


La balle de Lyou


- Até a conclusão deste post a Ligue 1 ainda não havia se pronunciado sobre uma nova realização deste confronto entre Bastia e Lyon. A direção do Bastia afirmou oficialmente que condena os atos proporcionados por seus torcedores e que cumprirá as determinações da liga.


- Além destes problemas, a imprensa francesa destacou investigação aberta pela Comissão Disciplinar da UEFA, visando detectar as causas do incidente entre as torcidas de Lyon e Besiktas na última quinta-feira, no jogo válido pelas quartas de final da Europa League. As duas agremiações estão sujeitas a sofrerem punições.


- O L’Équipe estima duas a três semanas para a decisão final da UEFA, com o periódico não descartando exclusão de ambos os times de competições europeias. Isso pautando-se pelas sanções vistas nos últimos anos, envolvendo times franceses.


- Em 2006 a UEFA puniu de forma extrema Feyenoord (Holanda) e Nancy em decorrência da baderna proporcionada por holandeses na cidade francesa de Nancy, durante a Taça UEFA 2006/2007. As duas equipes foram excluídas da edição do torneio. Entretanto o problema eclodiu na fase de grupos e ambos os times classificados para o mata-mata, não participaram da fase 16-avos de final. Os adversários que os enfrentariam, se classificaram automaticamente para a fase seguinte.


- Em 2001 a UEFA determinou que o PSG jogasse duas partidas fora do Parc des Princes, em nome de confusão provocada por torcedores parisienses em relação aos adeptos do turco Galatasaray. A situação se deu na fase de grupos da edição 2000/2001 da Champions League, elencando 56 feridos.


- A princípio ainda vale o compromisso determinando que o Lyon volte a campo na quinta-feira 20/4, para enfrentar o Besiktas em Istambul (Turquia), na partida de volta das quartas de final da Europa League.


- Siga o blogueiro Alexandre Kazuo no Twitter @Immortal_Kazuo


ATENÇÃO: quer ganhar uma camisa oficial do Lyon?


A Projeto Atleta, empresa que presta assessoria de imprensa para desportistas de diversas modalidades, está sorteando uma camisa oficial do Lyon, temporada 2011/2012 (Adidas, tamanho G), importada da França. A promoção é válida apenas para o Instagram da Projeto Atleta @projeto.atleta


Projeto Atleta
Projeto Atleta

Promoção válida para o Instagram da Projeto Atleta. Acesse e concorra!


Para participar 1) siga a pagina da Projeto Atleta no Instagram, 2) curta a foto da promoção, 3) marque mais 2 pessoas (podem ser marcadas mais pessoas, mas o participante tem o nome computado apenas 1 vez). O resultado será divulgado no dia 20/4, data da partida de volta entre Lyon x Besiktas pela Europa League.