Destaques revelados/projetados pelo Lyon - Parte 3

O futebol francês se notabiliza por caracterizar polo formador e exportador de atletas. O fato da França ter colonizado países diversos em séculos passados, contribui para o surgimento de jogadores portando duas cidadanias, algo que acontece com muitos atletas oriundos do continente africano.


O Lyon detém categorias de base sólidas, tal qual outros clubes tradicionais da França. Na década passada, ao ascender no cenário europeu sob comando de Jean-Michel Aulas, o clube passou a buscar atletas promissores, que poderiam ser revendidos posteriormente a centros futebolísticos europeus mais ricos.


Mesmo partindo, muitos destes jogadores se tornaram ídolos da torcida lionesa. Veja a terceira parte da lista de jogadores revelados pelo Lyon ou que ganharam projeção após atuarem pelo clube.


7) Hugo Lloris
Naturalidade: França
Status atual: em atividade – clube: Tottenham Hotspur (Inglaterra)


Titular e capitão da seleção da França, o goleiro Hugo Lloris é unanimidade tanto em seu pais quanto no norte de Londres (Inglaterra). Lloris é o arqueiro/capitão do Tottenham Hotspur, equipe que vivencia um presente competitivo, comandada pelo treinador argentino Maurício Pochettino.


O goleiro é oriundo da cidade de Nice (França), revelado pelas categorias de base do time da cidade, o OGC Nice. Lloris integrou o Nice B entre 2002 e 2006. Estreou no time principal em 2005 permanecendo no clube até 2008. O italiano Milan e o próprio Tottenham já demonstravam interesse no goleiro àquela época.


Getty
Getty

Lloris nos tempos de Lyon


Com o Milan muito próximo de contratá-lo, Lloris preferiu assinar com o Lyon e jogar a Ligue 1 por um time heptacampeão consecutivo, o qual entraria em campo na temporada 2008/2009 na condição de atual campeão. Mais além, Lloris chegava por 8,5 milhões de euros para substituir o ídolo Grégory Coupet, que seguiu para o Atlético de Madrid.


Lloris foi o camisa 1 com quem o Lyon contou num reinício de trajetória pós-hepta, momento em que ídolos se viam envelhecidos ou estavam deixando o clube. O goleiro permaneceu no velho Gerland entre 2008 e 2012. Computou 201 partidas, sofreu 214 gols e contabiliza 66 jogos sem sofrer gols com a camisa lionesa. Ostenta em seu currículo o título da Copa da França 2011/2012.


Em 2008, o Tottenham cogitava ter Lloris para substituir o ídolo inglês Paul Robinson. Os spurs londrinos conseguiram levar o francês para o White Hart Lane em 2012, por 12 milhões de euros iniciais, numa transação que acabou custando ao final cerca de 19 milhões de euros.


Pela seleção francesa Lloris (hoje com 30 anos) é campeão Mundial sub-19 (2005), tendo recebido suas primeiras convocações para a seleção principal em 2008. O goleiro disputou os Mundiais de 2010 e 2014 e as edições da EURO 2012 e 2016, sendo vice-campeão da última edição do torneio europeu.


8) Anthony Martial
Naturalidade: França
Status atual: em atividade – clube: Manchester United (Inglaterra)


Grande parte do público tem na memória recente o atacante Anthony Martial ganhando destaque ao atuar pelo Monaco. No entanto, Martial foi profissionalizado no Lyon, tendo atuado pelo Lyon B entre 2009 e 2012. O atleta foi revelado pelo Les Ulis, equipe amadora atualmente na sétima divisão francesa.


Elencado na equipe principal lionesa na temporada 2012/2013, Martial jogou apenas uma temporada no velho Gerland. Disputou míseras quatro partidas, sendo negociado com o Monaco na temporada 2013/2014. Os monagescos pagaram apenas 5 milhões de euros pelo jogador.


Getty
Getty

Imagem rara de Martial (ao centro) atuando pelo Lyon contra o Kiryat Shmona (Israel), pela Europa League em 2012


Martial foi reforço “menor” para a primeira temporada da equipe do Principado na Ligue 1, sob gestão do milionário Dmitry Rybolovlev, que adquiriu o clube em 2011, enquanto a agremiação amargava a Ligue 2. Ao redor de Martial chegaram ao clube nomes como James Rodríguez e Falcao Garcia, com a equipe tendo ainda o belga Yannick Carrasco, oriundo das suas próprias categorias de base.


Martial atuou por três temporadas no Monaco e foi vice-campeão francês na temporada 2013/2014. Disputou 70 partidas e anotou 15 gols, antes de ser negociado com o inglês Manchester United em 2015, por vultuosos 50 milhões de euros. O jogador tinha apenas 19 anos.


Na Inglaterra, Martial vem tendo preponderância em Old Trafford. Em sua primeira temporada (2015/2016) sob comando de Louis Van Gaal, Martial realizou 49 partidas, fez 17 gols e concedeu 10 assistências. Na presente temporada sob chefia de José Mourinho, Martial tem 29 partidas jogadas (7 gols) em contexto de concorrência muito mais dura, ao lado de Rooney, Rashford, Mkhitaryan e Ibrahimović.


Com apenas 21 anos, Martial elenca 15 partidas (1 gol) pela seleção da França. Fez parte do grupo bleu vice-campeão da última EURO.


Veja gols de Martial anotados pelo Monaco:



9) Samuel Umtiti
Naturalidade: Camarões – naturalizado francês
Status atual: em atividade – clube: Barcelona (Espanha)


Titular do Barcelona, o zagueiro Samuel Umtiti nasceu em Yaoundé (Camarões), mas foi levado para as categorias de base do Lyon ainda muito jovem. Umtiti jogou pelo Lyon B entre 2010 e 2011, sendo efetivado entre os profissionais em 2011. Naturalizou-se francês e jogou em todas as seleções de base bleus.


Em cinco temporadas atuando pelo Lyon entre 2011 e 2016, Umtiti disputou 170 partidas e anotou 5 gols. O defensor carrega em seu currículo o título da Copa da França, vencida pelos lioneses na temporada 2011/2012. Pela França, Umtiti é campeão sub-20 (2013) e vice-campeão da última EURO pela seleção principal.


Getty
Getty

Umtiti desarmando o brasileiro Hulk (na época no russo Zenit) em confronto de Champions League


Em 2016, Umtiti teve exposição meteórica na seleção francesa devido aos problemas físicos que acometeram as peças defensivas. Nos meses que antecederam a EURO, Deschamps foi forçado a cortar Kurt Zouma e Raphael Varane, além do caso de doping positivo de Mamadou Sakho. O ciclo de preparação para a EURO teve os três como titulares.


A estreia de Umtiti pelos bleus se deu nas quartas de final da última EURO, na vitória francesa sobre a Islândia por 5x2. O zagueiro surgiu como titular. Até o momento, Umtiti, de apenas 23 anos, contabiliza 6 partidas pela seleção francesa. Ao fim da EURO 2016, o Barcelona anunciou sua contratação por 25 milhões de euros.


Na atual temporada, Umtiti elenca 32 partidas pelos culés, carregando condição de titular. Tem sido utilizado por Luís Enrique como zagueiro de área e, por vezes, como terceiro zagueiro à direita, no desenho tático 3-4-3. O cenário é promissor para o defensor, uma vez que Mascherano e Piqué são zagueiros na faixa dos 30 anos.


A história recente do Barcelona elenca defensores oriundos do Lyon que obtiveram sucesso (Edmílson e Abidal), além de defensores ícones da seleção francesa que passaram pelo clube, como Laurent Blanc e Lilian Thuram.


Para ler a parte 1 desta lista clique aqui, para ler a parte 2, clique aqui!