Destaques revelados/projetados pelo Lyon - Parte 1

O futebol francês se notabiliza por caracterizar polo formador e exportador de atletas. O fato da França ter colonizado países diversos em séculos passados contribui para o surgimento de jogadores portando duas cidadanias, algo que acontece com muitos atletas oriundos do continente africano.


O Lyon detém categorias de base sólidas, tal qual outros clubes tradicionais da França. Na década passada, ao ascender no cenário europeu sob comando de Jean-Michel Aulas, o clube passou a buscar atletas promissores, que poderiam ser revendidos posteriormente a centros futebolísticos europeus mais ricos.


Porém, mesmo partindo, muitos destes jogadores se tornaram ídolos da torcida lionesa. Relembre alguns jogadores revelados pelo Lyon ou que ganharam projeção após atuarem pelo clube, na parte 1 (de 3) desta lista!


1) Michael Essien
Naturalidade: Gana
Status atual: indefinido


Bicampeão francês pelo Lyon, o ganês Michael Essien foi revelado pelo Bastia, inicialmente jogando como zagueiro e lateral. Chegou ao velho Gerland no início da temporada 2003/2004, permanecendo em Lyon até o fim da temporada seguinte.


Em Gerland, Essien passou a jogar como volante e foi peça importante nos dois títulos da Ligue 1 conquistados em 2004 e 2005. No início da temporada 2005/2006 seguiu para a Inglaterra por absurdos 38 milhões de euros (iniciais), pagos pelo Chelsea. Em Londres, formou dupla de volantes com o ídolo francês Claude Makélélé.


Getty
Getty

Essien (a direita) apresentando as travas da chuteira ao adversário...


Essien foi lapidado pelo técnico José Mourinho, permanecendo por quase 10 anos em Stamford Bridge, onde foi bicampeão inglês, tetracampeão da Copa da Inglaterra e campeão da Champions League, na temporada 2011/2012.


O ganês ainda passou por Real Madrid e Milan, além de ter disputado o Mundial de 2006 pela seleção de Gana, integrando o time eliminado pelo Brasil nas oitavas de final. Em setembro de 2016, rompeu seu vínculo com o grego Panathinaikos, seu último clube. Atualmente, Essien tem 34 anos.


2) Florent Malouda
Naturalidade: França
Status atual: em atividade – clube: Delhi Dynamos (Índia)


Hoje com 36 anos, Florent Malouda teve protagonismo no Lyon, onde atuou por quatro temporadas. O atacante, na verdade um left winger, esteve presente em quatro conquistas da Ligue 1 obtidas pelo Lyon consecutivamente, entre as temporadas 2003/2004 e 2006/2007.


Malouda foi revelado pelo Chateauroux (Série C francesa), mas obteve destaque no Guingamp, onde formou dupla de ataque com o então jovem Didier Drogba. Ao fim da temporada 2002/2003, Drogba seguiu para o Olympique Marselha e Malouda, para o Lyon. Ambos se reencontrariam temporadas depois no inglês Chelsea. Rendeu cerca de 19 milhões de euros aos cofres do Lyon.


Getty
Getty

Malouda (a direita) deixando um marcador da Roma no chão


Em Londres, Malouda vestiu a camisa blue entre 2007 e 2013. Fez parte da equipe na conquista de uma Premier League e três copas da Inglaterra. Foi peça importante e injustamente pouco enaltecida na conquista da Champions League 2011/2012.


Naquela ocasião, o francês se submeteu a posições improvisadas (volante, lateral-esquerdo), sendo obrigado a treinar separado do grupo principal no seu último ano de contrato na temporada 2012/2013.


Depois jogou por Trabzonspor (Turquia) e Metz (França), transferindo-se para o futebol da Índia em 2015. O atacante é vice-campeão Mundial 2006 pela França, tendo disputado a Copa de 2010 e EURO 2012. Malouda fez 190 partidas pelo Lyon, anotou 31 gols e realizou 28 assistências. Vestia a camisa 10.


3) Éric Abidal
Naturalidade: França
Status atual: aposentado


Nascido em Saint-Genis-Laval, região metropolitana da cidade de Lyon (França), o defensor Éric Abidal foi revelado pelo modesto Lyon Duchére. Em 2000, foi contratado pelo Monaco, tendo passado pelo Lille até chegar ao Lyon na temporada 2004/2005.


No velho Gerland, o lateral/zagueiro foi tricampeão francês consecutivo, entre as temporadas 2004/2005 e 2006/2007. Entretanto, o grande passo na carreira foi dado em 2007, quando o Barcelona o contratou. Abidal permaneceu na Catalunha até 2013, integrando o Barça de Pep Guardiola, bicampeão da Champions League/Mundial de Clubes, em 2009 e 2011.


Getty
Getty

Abidal (à direita) marcando o brasileiro Kaká em confronto da Champions League contra o Milan, em 2006


Na reta final da temporada 2010/2011, Abidal foi diagnosticado com um tumor, mas recuperou-se a tempo de atuar na final da UCL em que o Barcelona venceu o Manchester United. O capitão culé Carles Puyol entregou a braçadeira ao lateral francês, para que ele levantasse o troféu.


Em 2012, o defensor ainda se submeteu a um transplante de fígado, retornando ao futebol em 2013, para atuar por Monaco e Olympiacos (Grécia). Abidal foi vice-campeão Mundial 2006 pela França, disputando ainda EURO 2008 e Mundial 2010. Retirou-se dos gramados em 2014.


Continua - não percam a segunda parte desta lista que surgirá nas próximas semanas, intercaladas aos posts sobre os jogos do Lyon. Não teremos jogadores brasileiros nesta lista dos revelados/projetados, mas a trajetória dos brasileiros no Lyon aparecerá por aqui em breve!