À espera da Roma: Liga Europa é a grande meta do Lyon

Desde o início desta semana o Olympique Lyonnais, ou simplesmente Lyon, tem o seu espaço aqui no ESPN FC. Deixo as boas-vindas não apenas aos torcedores do Lyon, mas também àqueles que acompanham o futebol francês.


Nada é mais francês do que a ideia do “cosmopolita” (cidadão do mundo). Logo, todos são bem-vindos. Saúdo os que simpatizam com o Lyon por torcerem para times onde jogaram ídolos brasileiros do velho Gerland, como Cris, Edmílson (pentacampeão), Michel Bastos e Fred.


Saúdo a você que passou dos 30 anos e que ainda se lembra dos artilheiros Sonny Anderson ou Giovane Élber. E principalmente, saúdo a você torcedor de Vasco da Gama e Sport Recife, que gosta do Lyon porque também respeita o mito Juninho Pernambucano!


À espera da Roma!


Nesta quinta-feira (9/3), teremos um compromisso de oitavas de final de Europa League. O Lyon enfrentará a italiana Roma, em partida de ida no Parc Olympique Lyonnais. A EL não é um torneio menor, pois pode dar uma vaga direta para a próxima Champions League.


O Lyon não foi fundado ontem. A equipe já foi até semifinalista do torneio quando ainda se chamava Taça UEFA, na temporada 1963/1964. Na ocasião acabou derrotada pelo lusitano Sporting Lisboa, que foi a final e sagrou-se campeão. O Lyon é tradicional e tradição não se arranja de um dia para o outro.


Getty
Getty

O brasileiro Rafael Silva em confronto da 16-avos de final da Europa League, contra o AZ


Não se pode desprezar esta Europa League. Torcedor que já viu seu time construir um estádio, sabe que o departamento de futebol sofre durante o período de obras. É por isso que no momento o Lyon não dispõe de um super esquadrão, como aquele do heptacampeonato francês consecutivo na década passada.


Mas o Parc OL é uma realidade desde o início de 2016. Embora não possa ser inscrito na Europa League por já ter atuado pelo Manchester United, Memphis Depay será um protagonista na próxima Champions League, caso o Lyon chegue lá.


É preciso vencer a Roma, pois há contas a acertar. Os giallorossi eliminaram o Lyon da Champions League, nas oitavas de final da edição 2006/2007. Foi um empate sem gols em Roma na partida de ida e um 2x0 imposto pelos romanistas dentro do velho Gerland, em partida de volta que completou exatos 10 anos.


Essa é uma lembrança ruim, sobretudo porque a equipe fez uma fase de grupos inesquecível naquela ocasião. Classificou em primeiro, três pontos à frente do... Real Madrid!


Histórias da época em que o Lyon transformou Real Madrid em “freguês galáctico”, destaque para os brasileiros do passado/presente e o que há de mais importante no clube terão espaço aqui. Esta é apenas a primeira semana do Les Bad Gones!


La balle de Lyou


- Recentemente, o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, afirmou que não vê necessidade de negociar atletas do atual elenco tão logo a temporada se encerre. Entretanto, Aulas ressaltou que, se surgirem grandes ofertas como aquelas feitas no passado por Benzema ou Samuel Umtiti, o Lyon estará aberto a ouvir.


- Na Inglaterra o nome do artilheiro lionês Alexandre Lacazette é relacionado ao Arsenal, do treinador francês Arsene Wenger (pelo menos até ontem). Há grande chance dos gunners perderem o chileno Alexis Sánchez no próximo verão europeu, pretendido por Juventus e Paris-Saint Germain.


- Os ingleses dão como certo o retorno de Alexis (ex-Udinese e Barcelona) à Itália, mediante oferta da Juventus.  Alguns periódicos britânicos afirmam que o Arsenal poderia oferecer mais de 60 milhões de euros ao Lyon por Lacazette. Marco Reus (Borussia Dortmund) e André Silva (Porto) seriam outras opções de Wenger.


– No Brasil, Tite convocou a seleção brasileira para compromissos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias. Em Lyon se pergunta o por quê de Rafael Silva não ter chances. O ex-lateral direito de Fluminense e Manchester United contabiliza 29 partidas disputadas na presente temporada. É titular absoluto do Lyon.