Liverpool: a crise já bate à porta de Anfield

Ela chegou.


Todos nós, torcedores do Liverpool, sabemos que, numa temporada regular, ela vai chegar. Inevitavelmente. Inexoravelmente. Só que dessa vez chegou antes. Não no boxing day, com partidas em sequência. Ou num janeiro qualquer, quando perdemos jogos em todas competições possíveis. Ou mesmo no final da temporada, quando nosso já combalido e reduzido elenco estiver se arrastando.


A crise chegou a Anfield. Hoje. Em setembro.


Acha que sou mais um Profeta do Apocalipse? Veja bem: tomamos 5x0 do freguês azul de Manchester. Empatamos com Sevilla em Anfield pela Champions, depois de dominar o jogo e perder um pênalti. Empatamos com Burnley, em casa, outra vez, dominando e chutando 300 vezes sem decidir. E ontem perdemos uma chance viva de ganhar uma Taça nessa temporada, ao ser eliminado precoce e pateticamente da Copa da Liga pelo time misto do Leicester, tomando gol do Okazaki. Para mim, é crise.


Soma-se a isso o fato de Coutinho ter voltado claudicante da celeuma com o Barcelona. Ou de NÃO termos zagueiros para jogar as competições (notem que eu sequer especifiquei a qualidade deles). E ianda de chutarmos umas 80 bolas em 3 jogos e marcarmos apenas 3 gols.


Getty Images
Getty Images

Gol do Okazaki!! Falta muito para 2018?


E agora, Jurgen? O que fazer?


Além de tomar outra pisa do Leicester no sábado, agora com time titular e pela Premier League, não consigo visualizar os nossos próximos passos. Desclassificação vergonhosa na fase de grupos da Champions? Briga para não cair na Premier? Retomada improvável?


A essa altura, nós, apaixonados pelo Liverpool, já deveríamos ter nos acostumado com as marés ruins. Mas não estamos e continuaremos sofrendo até que ela deixe Anfield. 


#Crise #YNWA #AcuracidadeZero #SouMelhorQueOKlavan #SddsMané


Acompanhe mais uma derrapada na página mais sincera dos Reds no Facebook!