Liverpool: as noites mágicas de Champions estão de volta

Não foi fácil. Como nunca é para nós, torcedores do Liverpool.


Logo nos primeiros minutos, nossa obrigação de vencer dobrou de tamanho e virou uma pressão absurda, porque City e Arsenal já venciam seus jogos. E a perna de cada jogador de vermelho pesava uma tonelada. Aliás, que belo uniforme vermelho este que estreamos hoje para a próxima temporada, hein?


Uma áurea ruim sondava Anfield e seus quase 54 mil presentes. De que falharíamos pateticamente outra vez. De que ficaríamos presos à linha defensiva do pequenininho que vem a nossos domínios. Mas, mesmo nervoso, algo me dizia que o time não morreria na praia outra vez. Não hoje. Não mais.


Aos 46, numa tabela justa entre Firmino e Wijnaldum, o holandês saiu na cara do gol e fuzilou com raiva, com apetite, com RAÇA! Toda a frustração, a dúvida, a suspeita se concentraram na perna direita de Wij, que explodiu de alegria a sofrida torcida do Liverpool.


Todo o peso do mundo saiu das costas dos 11 de Klopp, que voltou para o segundo tempo beeem mais leve. Numa falta sofrida por Stu, Coutinho marcou o 13° dele na temporada. Mais alguns minutos e Lallana fechava o caixão do Boro: 3x0 e vaga na Pré-Champions assegurada.


É pouco? Não acho. Alguém deixaria de apostar no United entre os 4 primeiros no início do campeonato, com seu elenco estrelar? Ou no Arsenal e seu cabalístico 4° lugar? Sei que pelo nosso tamanho devemos brigar por títulos, e não fazer festa por disputar as prévias da UCL. Mas a volta de um gigante se dá aos poucos. E o desempenho dessa temporada me deixa muito mais confortável do que a de 13-14, quando sabíamos que era algo esporádico. Agora me parece parte de um projeto, palavrinha tão (mal) falada no futebol nos dias de hoje.


Getty Images
Getty Images

Coutinho e a massa vermelha: Aqui ele é ídolo incontestável!


Estamos na porta da balada mais concorrida da cidade. Lá dentro, só as beldades. Só o filé. Estamos na fila, pronto para entrar, com o flyer na mão. Arsenal, United, Everton estão em casa, num sábado à noite, assistindo TV.


Sim, foi sofrido. Sim, pode vir gente grande na Pré. Como Sevilla, Napoli, Dínamo Kiev. Até PSG já ouvi. Mas já não tenho medo. O primeiro grande passo foi dado. O gigante acordou.


As noites mágicas de Champions estão de volta.


E essa mágica faz milagres.


#YNWA


#OiSumida #UCL #weareLiverpool #thisisanfield #MissãoCumprida


A Premier acabou, mas continue acompanhando tudo sobre o Maior da Inglaterra na nossa FanPage Liverpool FC Brasil! Mercado, curiosidades, notícias, bombas, alegrias, tristezas e glórias!