Qual é o clube que nunca disputou a Serie B e enfrentará a Inter

Divulgação/Pordenone
Divulgação/Pordenone

A festa dos jogadores do Pordenone após a vitória contra o Cagliari que levou à inédita classificação para as oitavas de final da Coppa Italia


A próxima semana marcará um encontro histórico entre dois clubes que nunca estiveram na segunda divisão do futebol italiano. Pelas oitavas de final da Coppa Italia, Inter e Pordenone se enfrentarão no San Siro no dia 12, terça-feira. Antes, porém, haverá um confronto entre Juventus e Inter pela 16ª rodada da Serie A, neste sábado. Mas que clube é esse que começou a semana do Derby d’Italia zoando o principal rival da Beneamata?


Pordenone era a segunda maior província de Friul-Veneza Júlia, sendo a capital homônima a terceira maior cidade da região, ao oeste na fronteira com Vêneto. Fica em um lugar historicamente bastante autônomo da Itália, entre os rivais venezianos e friulanos. Tem seu próprio dialeto e está culturalmente distante dos vizinhos de Údine. Apenas esclarecendo, recentemente as províncias da região deixaram de existir e a administração ficou restrita às capitais.


Divulgação/Pordenone
Divulgação/Pordenone

Inter-Pordenone, uma partida tão louca assim não poderia ser jogada nem mesmo no video game


Criado em 1920 e refundado em 2003, o Pordenone jamais superou a terceira divisão italiana. São 14 participações na quinta categoria, 33 na quarta e 18 na terceira. Contudo, o clube cresceu consideravelmente durante as gestões de Giampaolo Zuzzi e Mauro Lovisa, e desde o título da Serie D em 2014 tem lutado pela inédita promoção à B, batendo na trave em 2016 e 2017. Hoje, quarto colocado no Grupo C, segue na briga pelo feito e colocou seu nome no mapa ao superar Venezia, Lecce e Cagliari na Coppa Italia nesta temporada.


Ao contrário do que acontece na casa da Udinese, onde há um grande número de juventinos - isso se nota nos jogos da Vecchia Signora no estádio Friuli, quando a torcida bianconera apoia o clube do Piemonte -, não existe essa proximidade em Pordenone, pelo contrário. Curiosamente, o ídolo nerazzurro Evaristo Beccalossi teve seu penúltimo ano como jogador profissional no clube, que recentemente também contou com Simone Pasa emprestado pela Inter. Uma proximidade que os ramarri (lagartixas) têm aflorado nas redes sociais.


Muito próximo do jogo mais importante da história, a expectativa é de dois mil pordenonesi no San Siro na próxima terça-feira. Enquanto isso, o @PordenoneCalcio faz a festa no Twitter, atraindo, inclusive, os torcedores interistas.