Uniforme da Inter mais uma vez decepciona

Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale

Essas listras sem ordem dão nos nervos


A pior década da história da Inter é uma constante prova da Lei de Murphy. E se também tudo que está ruim pode ficar ainda pior, a Nike vai lá e lança mais um uniforme de muito mau gosto para a Beneamata. Não bastasse os de 2010/11, 2013/14, 2014/15 e 2016/17, a marca americana novamente se supera com um desenho muito estranho.

Não é nem mesmo uma questão de romper com o tradicional, a própria Nike já inovou antes e fez camisas belíssimas. Entendo a questão de buscar algo novo, até para seguir vendendo, mas daí a fazer consecutivas cagadas... Falaram que parece um código de barras, mas o código de barras ao menos tem um padrão, e não essa confusão com listras aleatórias.


Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale

Mas que azul espetacular...


Dito isso, nem tudo é um desastre. A volta do verdadeiro azul agrada bastante, assim como a nova fonte, depois de três anos com a mesma. Aliás, os meiões voltaram a ser em preto, não mais aquele amarelo bizarro - e como é bom ver o branco como cor secundária.

Agora, outra crítica à Nike: pelo amor de Facchetti, cadê os uniformes da Inter nas lojas no Brasil? Nem mesmo no site da marca tem a desta temporada, exceto aquela coisa horrorosa que parece uma lata de Sprite - sem falar da nova.


Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale

A fonte ficou bem legal, aliás


Enquanto isso, parece que enfim o futebol começa a tomar uma direção. Estamos apenas esperando a oficialização de Luciano Spalletti como novo treinador, assim como Lele Oriali (gerente de equipe) e Dario Baccin (chefe de observação). Se falou nos últimos dias de uma saída de Piero Ausilio depois das besteiras que disse, mas isso não deve acontecer e o diretor esportivo já trabalha com Walter Sabatini para preparar o elenco - certamente com menor influência agora.