É hoje: Bugre a um passo do acesso

Há muitos nós encalacrados na garganta de todo torcedor bugrino há anos, mas ao menos um deles poderá ser desfeito no dia de hoje. Logo mais, às 18:30, o Guarani pisará no gramado do Brinco de Ouro com uma missão: derrotar o ASA de Arapiraca por 2 gols de diferença e evitar tomar gols. Se fizer isso, se livrará enfim do martírio que é disputar a Série C, divisão no qual está estancado desde 2013, e sacramentará o primeiro passo rumo à sua recuperação.


Para um time sofrendo na UTI do futebol brasileiro, este mais do que possível acesso para a Série B representará um marco importante na recuperação do Guarani. Afinal, desde os rebaixamentos para a Série C do Brasileiro em 2012 e para o Paulista A-2 em 2013, o Bugre não conquistou nenhum acesso. Como consequência desta queda técnica, também deixou de ser classificado para disputar a Copa do Brasil desde 2015.


Subindo para a Série B, além de provar que está renascendo das cinzas após um período conturbado que foi marcado por imbróglios judiciais, salários atrasados e a venda do Brinco de Ouro para o grupo Magnum, o Guarani enfim voltará a receber cotas da TV: ao contrário dos times das Série A e B, que ganham valores referentes ao televisionamento de suas partidas, quem disputa a Série C só recebe passagens aéreas e hospedagem nos dias dos jogos, e olhe lá. E dará à sua torcida combalida, enfim, uma alegria que não temos há anos.


Facebook @guaranifc.oficial
Facebook @guaranifc.oficial

Mais de 10 mil torcedores estarão no Brinco de Ouro hoje, incentivando o Guarani a superar o ASA de Arapiraca


Após ter perdido a primeira partida das quartas de final por 3 a 1, fora de casa, o Bugre precisa ganhar de 2 a 0 ou por mais de 3 gols de diferença para garantir seu passaporte às finais da Série C e, mais importante ainda, o acesso para a segunda divisão. Caso vença por 3 a 1, enfrentaremos disputa de pênaltis. Qualquer outro resultado fará com que o ASA de Arapiraca leve a melhor neste mata-mata, mas prefiro nem cogitar esta hipótese. Afinal, nesta Série C o Guarani tem sido soberano no Brinco de Ouro: foram 7 vitórias e 2 empates, com aproveitamento de 85% quando tem o mando de campo. 


É hoje o dia. Que este 8 de outubro de 2016 entre para a história como a data na qual o Guarani iniciou sua redenção e sua recuperação plena rumo ao caminho de glórias coroadas com o até hoje inédito título brasileiro de um time do interior. Avante, avante, meu Bugre!