Grêmio cirúrgico em noite de espetáculo da torcida

Grêmio Oficial
Grêmio Oficial

QUE CENTROAVANTE!


A maior objetividade que Renato Portaluppi trouxe ao Grêmio esteve desenhada no gol que garantiu a vitória diante do Cruzeiro. A bola saiu das mãos de Marcelo Grohe e, de forma extremamente vertical, chegou para Lucas Barrios tocar com categoria para o fundo das redes. Quinze segundos, oito toques na bola, cinco jogadores diferentes envolvidos. O Grêmio do toque de bola dinâmico e envolvente que encanta o Brasil também sabe ser avassalador quando necessário. Passe preciso de Michel para Pedro Rocha que, espertamente, achou Luan. O nosso craque chapou de primeira e, no rebote de Fábio, Lucas Barrios, profissão centroavante, concluiu.


Gol do Grêmio. Para delírio da Arena. E que festa sensacional proporcionou a torcida do Grêmio na nossa linda casa, algo que me lembrou os inesquecíveis recebimentos no Olímpico Monumental. A força do Grêmio e da sua gente é algo comparável aos maiores fenômenos da humanidade. Quando o time entrou em campo e, durante os noventa minutos, uma atmosfera incrível, de arrepiar. Como é espetacular ser do Tricolor dos Pampas. É a torcida mais fanática do Brasil. Uma das mais fanáticas do mundo. A Arena viu a celebração de uma religião.


Sobre o jogo em si, o Cruzeiro repetiu a postura de todos os adversários quando pisaram na Arena nesta temporada. Time baseado na defesa, quase uma retranca assumida, tentando achar o gol em alguma escapada. A única chance do adversário foi o último lance do jogo, então o Grêmio não sofreu sustos em casa, o que é extremamente importante. Mano Menezes é inteligente, conhecedor do futebol e do Grêmio, e soube organizar bem o seu sistema ofensivo. O Grêmio, por conta disso, não conseguiu pressionar intensamente o rival, mas teve o completo domínio da partida, especialmente no primeiro tempo.


Por mais que não tenha criado tantas chances como em partidas anteriores, o Grêmio criou o suficiente para sair com uma vantagem maior do gramado. Fábio fez defesas espetaculares na primeira metade do jogo. No segundo tempo, o Grêmio controlou o adversário, mas não ousou tanto no ataque, até para não se expor. Inteligente. Cirúrgico. Copero. Grêmio. O 1 a 0 é uma bela vantagem porque este Grêmio, invariavelmente, faz gols fora dos seus domínios. Vamos fortes para Belo Horizonte, o Mineirão tem sido bom conosco. Que siga assim. Infelizmente Pedro Geromel será desfalque. Mas o momento é dar força para Bressan, que tem tido atuações seguras. Força, Bressan!


Ficou estabelecido que o foco principal da temporada é buscar as Copas. O futebol segue sendo o melhor do país. Estamos escrevendo o roteiro da jornada final para traduzir este alto nível atingido em títulos. Temos grandes chances na Copa do Brasil, respeitando claro, o Cruzeiro, a volta deve ser muito complicada. Analisando o futebol jogado em toda a temporada, o Grêmio jogou mais e esteve mais consistente do que os outros semifinalistas. Tem que colocar isso nas quatro linhas. Podemos sonhar alto. Tem a Libertadores da América ainda. É o Rei de Copas!