Só Copa do Brasil e Libertadores? O Grêmio vai muito bem, obrigado!

Grêmio Oficial
Grêmio Oficial

Este Grêmio merece os APLAUSOS da torcida


Na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o 4 a 0 diante do Atlético Paranaense na Arena. No jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, o 1 a 0 sobre o Godoy Cruz na Argentina. Portanto, classificações encaminhadas para a semi de uma competição e para as quartas de final da outra. Vamos chegar muito fortes nas Copas, com reais chances de títulos. E em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro. O Grêmio vai bem. Não, o Grêmio vai MUITO BEM, obrigado.


Portanto se tu fores da IVI (Imprensa Vermelha Isenta), algum colorado perdido por aqui ou até mesmo gremistas que querem criar crise no nosso clube, podem perder as esperanças, o ambiente do Grêmio como um todo não será desestabilizado. O nível de atuação segue altíssimo, as perspectivas continuam apontando um roteiro de glórias redentoras ao final da temporada e a crise é lá na Beira do Lago Guaíba, não queiram nem comparar as situações. A gangorra segue quebrada, são diferentes patamares.


Óbvio que nem tudo é maravilhoso. Os agora dez pontos de diferença para o líder Corinthians causam uma grande frustração, ainda mais sabendo que este ano temos futebol e elenco para ser campeão brasileiro nos pontos corridos. O Grêmio tem mais qualidade que o time paulista e mesmo assim o vê disparar na ponta da tabela. Por mais que aparentemente fuja da lógica este panorama, estamos pagando o preço por optar pelas Copas e nelas agora estão nossas esperanças de título na temporada.


E teve cronista gaúcho com coragem pra dizer que resta isso ao Grêmio. Vamos ser realistas. O Grêmio vem com o futebol consistente e qualificado o suficiente para lutar pelos títulos da Libertadores da América e da Copa do Brasil. Já é o Rei de Copas. O que será depois de ganhar uma ou as duas Copas? Como alguém diz que este cenário apresentado é isso? pode ser piada. Estamos em uma fase espetacular e o nosso futebol segue sendo um dos melhores do continente. No filme que estamos rodando neste ano, estes percalços são os dramas necessários para a obra de arte ficar completa.


Se compararmos com os últimos vinte anos, em 2017 temos o time mais forte deste período. Um futebol que encanta, competitivo e com boas alternativas no banco de reservas. Mas não somos o Real Madrid, o Barcelona, não temos condições de disputar as três competições com força máxima o tempo todo ou manter a mesma qualidade quando todos os titulares saem do time. Ao poupar diante do Sport e do Palmeiras, o técnico Renato Portaluppi deixou bem claro que o Brasileirão é considerado o terceiro foco do Grêmio. Antes vem as Copas.


Diante do Avaí, o Grêmio dominou o meio campo e produziu para golear, fora o pênalti desperdiçado. Um 5 a 2 seria mais condizente com o que foi o jogo, mas o futebol apresenta estes desfechos impensados e por isso que é tão apaixonante. Vamos fortes para o Rio de Janeiro. Grêmio e Flamengo promete ser um dos melhores jogos da temporada até aqui. No Campeonato Brasileiro, a missão agora é manter-se entre os três primeiros colocados. Se o Corinthians vacilar, nos colocamos na briga novamente.


Analisando as quatro derrotas no Campeonato Brasileiro, as diante de Sport e Palmeiras são explicadas pelo fato de que poupamos todos os titulares. Contra o Corinthians, dominamos a partida, mas o adversário soube conter o nosso ataque e achar o gol em um lance esporádico. Mas é confronto de grandes times, esse tipo de revés é compreensível. Diante do Avaí, time titular, tínhamos que atropelar. Este o maior vacilo da temporada. Nada que apaga o ótimo trabalho feito até aqui. Seguimos fortes!