É esse o Grêmio que nós queremos

Era notória e evidente a queda de rendimento do Grêmio nas últimas partidas. Mas foi somente na última semana que o técnico Renato Portaluppi, os jogadores e até mesmo Romildo Bolzan admitiram publicamente que as atuações estavam deixando a desejar. Era preciso passar para o povo gremista que o clube também tinha este entendimento. No futebol são naturais as oscilações, mas uma virtude essencial é a franqueza de admitir as próprias falhas. O torcedor respeita e apoia mais quem tem este tipo de postura, se coloca do lado para buscar a recuperação. Quando se tenta mascarar a realidade fingindo que está tudo bem, a situação só piora.


O primeiro passo tinha sido dado. Uma reunião a portas fechadas do presidente Romildo Bolzan com a comissão técnica e jogadores marcou o respaldo da direção aos profissionais, mas certamente também uma cobrança do mandatário máximo por uma melhor postura e mais competitividade do elenco. As frustrações do começo do ano, especialmente a eliminação do Gauchão, precisam ficar para trás, mas era preciso um choque de realidade no vestiário para que os erros fossem arrumados.


Dito isso, o Grêmio teve uma bela estreia no Campeonato Brasileiro, conquistando uma grande vitória diante de um forte adversário. O Botafogo do competente Jair Ventura é organizado, consistente, competitivo e por isso faz boa campanha na Libertadores da América, onde criou uma casca importante, haja vista que eliminou equipes tradicionais como Colo Colo e Olímpia na Pré-Libertadores e tem boas chances de classificação em um grupo com Estudiantes e Atlético Nacional. Todas essas virtudes do Botafogo só aumentam os méritos e a relevância do triunfo tricolor.


A atuação do Imortal na nossa Arena foi quase perfeita. Coletivamente sólido e intenso durante os noventa minutos, o Grêmio dominou completamente o Botafogo, que em nenhum momento mereceu vencer, palavras do seu técnico após a partida. O toque de bola rápido, combinado com a grande movimentação dos homens de frente, desnortearam os defensores do time carioca. A vitória de 2 a 0 saiu barato para os visitantes - pela produção do Tricolor, um 4 a 0 não seria exagero. Por isso que a atuação foi quase impecável, não podemos desperdiçar tantas chances claras de gol.


Grêmio Oficial
Grêmio Oficial

Grêmio dominou o Botafogo e conquistou os três pontos com autoridade na Arena


“Essa pegada, determinação e atenção de hoje, é esse o Grêmio que eu quero. Hoje eles honraram mais do que nunca a camisa. Por que não fazem sempre?”Renato Portaluppi.


Concordo plenamente com o nosso técnico. O Grêmio montou elenco capaz de formar uma equipe extremamente competitiva, com boas alternativas no banco. Somando esse fator aos reforços pontuais que a direção pretende apresentar para o segundo semestre, especialmente um camisa cinco (Damián Musto pode vir do Rosário Central), o Tricolor tem condições de lutar por título na Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Pra isso, no entanto, é preciso manter a organização coletiva e o nível alto de competitividade.


Falando sobre dois jogadores de forma individual, é espetacular a evolução de Lucas Barrios com a camisa do Grêmio. Futebol todos nós sabemos que ele possui, faltavam cofiança e continuidade. Agora o centroavante está mostrando todo o seu talento no Imortal. Luan é craque, mas, se estiver descontente no clube e o valor oferecido por ele for irrecusável, justifica-se uma venda; se não, temos que dar valor e apoiar o jogador mais diferenciado do elenco. Luan é essencial para o time, vive má fase, verdade, mas segue sendo o atleta mais importante do Grêmio.


A ótima estreia no Campeonato Brasileiro faz o gremista sonhar com o tricampeonato da competição. Nesta quarta começa a jornada rumo ao hexa da Copa do Brasil. Estamos fortes na Libertadores da América. E o rival na Série B.