Considerando o que é a Primeira Liga, Grêmio fez um favor a si mesmo

Gazetapress
Gazetapress

Beto da Silva e Nonoca disputam a bola


Ninguém gosta de ver o seu time perder. Ninguém gosta de ver o seu time eliminado. Ok, é óbvio. Mas a eliminação do Grêmio, pra mim, trouxe o mesmo sentimento de assistir um episódio de um programa de culinária, com a diferença de que o programa culinário me entreteria, em algum momento prenderia minha atenção e, ao final, quando estivesse acabado, minha barriga roncaria. O que não aconteceu neste Cruzeiro e Grêmio sofrível, que ninguém merece assistir.

Um amistoso contra uma equipa amadora do interior é mais honesto do que a Primeira Liga. Um amistoso te avisa do que está por vir: um teste, pouca competitividade, preparação física e tática da equipe, e, consequentemente, o resultado estando em segundo plano, com todos estes outros fatores à frente.

Na Primeira Liga, não. Nesta competição parida sabe-se de onde, com a presunção de assumir um papel imponente no calendário brasileiro, com a ambição, mesmo que mascarada, de substituir o Campeonato Brasileiro e assumir suas funções, escanteando a CBF, é diferente. Nós nos enganamos. Aliás, ela nos engana.


Gazetapress
Gazetapress

Raniel abriu o placar aos 44 do segundo tempo e só o que pude sentir foi indiferença


O que nos é apresentado é uma competição bem maquiada, com entradas de equipes perfiladas, placas publicitárias gritantes e nome da competição emplacada ao centro do gramado, com seu logo lindo, que lembra uma espécie de Liga Europa. Em campo, o que se vê, são equipes reservas, sub-20, bisonhas, desfiguradas, sem sentido, fazendo uma partida protocolar, com um sentimento falso de competitividade, lutando pela vitória de algo opaco, vazio, risível, quase irreal. Fingimos que a competição tem um valor, quando, na verdade, vale menos que um jogo-treino contra o Sindicatos dos Atletas Profissionais.

Sem esboçar reação frente a dois gols do adversário nos acréscimos, algo que me faria, em situações normais, quebrar minha televisão, me vi aliviado por não ter de me fazer obrigado a seguir com aquele sofrimento, aquela ideia bizarra de uma copa séria. Sendo eliminado pro Cruzeiro da Primeira Liga, o Grêmio fez um favor pra si mesmo e pro seu torcedor, que não merece espetáculo tão peculiarmente sem nexo quanto essa competição atrofiada e desfigurada, cuja taça é tão falsa quanto as suas pretensões.