Nem uma derrota seria tão triste quanto a lesão de Geromel

Grêmio Oficial
Grêmio Oficial

Geromel se lesionou no final da partida, em um lance sozinho


Parafraseando um amigo: “Este Grêmio é tão bom que, se ele perde em casa no mata-mata, eu acredito de verdade que ele pode reverter fora de casa. E ele é bem capaz de reverter mesmo”. Mas, claro, o Grêmio não perdeu para o Cruzeiro. O 1 a 0 magro deixa o confronto aberto, trazendo atenção total ao jogo da volta, mas o que preocupa mesmo a cabeça do gremista é só uma coisa: Pedro Geromel.


Grêmio Oficial
Grêmio Oficial

Lucas Barrios, um centroavante de verdade


Uma derrota no primeiro jogo, hipoteticamente falando, por 1 a 0, seria menos dolorosa e frustrante que uma lesão – aparentemente grave, com a possibilidade de até 45 dias afastado – de um dos principais jogadores do Grêmio, quase um semideus dentre os nossos, como é Geromel.

A impressão que fica é que melhor enfrentar uma batalha indigna com o exército completo, com os melhores combatentes, que ter baixas significativas e confrontos abertos. O que preocupa mesmo é o substituto: Bressan. A partir de agora, até sabe-se lá quando, o Grêmio é dependente de um dos jogadores menos queridos pelo torcedor, um atleta que oscila partidas normais com falhas homéricas. Mas, como dizem os pós-modernos: é o que tem pra hoje. Não adianta chorar, resta apoiar.


Gazetapress
Gazetapress

Contra o Cruzeiro, Marcelo Grohe se redimiu das atuações ruins que vinha fazendo


Sobre a partida contra o Cruzeiro, das não muitas considerações que podem ser feitas, um destaque para Marcelo Grohe, que cresceu quando deveria crescer, superando a si mesmo e garantindo a vitória do Grêmio nos poucos lances em que foi exigido. E em relação a isso, uma brutal superioridade do Grêmio no primeiro tempo e um equilíbrio pendendo para o Cruzeiro no segundo. Lucas Barrios, matador, o melhor em campo, marcou seu 17º gol em 30 jogos com a camisa gremista. Credencia-se, a passes largos, na fila dos ídolos.

O 1 a 0 não é o resultado ideal pra quem pensa em uma classificação tranquila, mas mais perturbador que isso, só a lesão do melhor zagueiro do Brasil. Agora é a hora de o Grêmio se superar e mostrar que tem, sim, um elenco qualificado para aguentar as baixas da temporada e buscar o Hexa, seja com quem for.


Grêmio Oficial
Grêmio Oficial

Renato Portaluppi e a camisa mais feia da história da Arena do Grêmio