Eu sei, é triste empatar com um time de Série B

Gazetapress
Gazetapress

Mesmo contra um time de segunda divisão, torcida gremista se mobilizou


Gremista, calma, não fique triste. Futebol é isso, nem sempre a melhor equipe vence a partida. Eu sei, eu também estou triste. Quando se vê uma superioridade monstruosa em campo e não conseguimos os três pontos, é muito frustrante. Mas temos que entender que isso é normal, acontece de vez em quando.

Quando Bolaños fez aquele golaço, com um passe de açúcar mascavo flavorizado com amor do Pedro Rocha, eu também achei que seria uma goleada. Estava escrito. Mas aqueles dois minutos. Dois minutos no segundo tempo, tudo pareceu ruir. Acontece. Lembro de vários jogos com times mais fracos que nos desligamos e quase botamos tudo a perder.


Gazetapress
Gazetapress

Fernandinho surpreendeu a mim, a si mesmo, ao goleiro adversário, a todos com um golaço


Talvez você tenha sido como eu, pessimista ao ver Fernandinho entrar. Normal, faz parte ter pessimismo com certos atletas. Ele é um deles. Mas quando ele dominou mal aquela bola, eu soltei um palavrão, você deve ter feito o mesmo. Então ele pôs a bola ao chão, ajeitou o corpo e soltou o foguete. Um petardo. Pobre goleiro. Superestimado. Passou entre as mãos. Acontece também.

Não deu pra voltar a ficar na frente do resultado, ficamos com esse empate frustrante. Ainda assistindo ao pequeno time que nos visitou comemorando muito. Não fique irritado com eles. Entenda-os. Imagine, é o único jogo com um time de primeira divisão em 2017 e eles empataram. Tudo isso fora de casa. Um feito homérico. Palmas.

A nós, resta lamentar o resultado. Mas quinta-feira já tem Libertadores da América e, pelo que mostramos em termos de atuação, vem muita coisa boa pela frente. Aos outros, resta... Não sei. Talvez tentar voltar à Série A.