Estamos sem manchete: o Fluminense ganhou de novo

AVALIAÇÃO F.D.P. (FLU DA DEPRESSÃO, O ÚNICO POSSÍVEL - RECUSE IMITAÇÕES)
FLUMINENSE DOIS (FORA O BAILE), LIVERPOOL URUGUAIO ZERO


Amigos, o Liverpool é um dos times mais privilegiados da América do Sul, pois conheceu o Rio, o Maracanã e teve a oportunidade de assistir ao Melhor Time do Brasil, Sem Clubismo, desfilar seu Maravilhoso Futebol e, de quebra, ver o show da Melhor Torcida do Brasil, com direito a um mosaico DE VERDADE.


Esse Fluminense ganharia do Liverpool ainda que o Liverpool fosse o da Inglaterra em seus melhores tempos. Bastava colar o Wendel no Gerrard que tava tudo tranquilo.


Rudy Trindade/FramePhoto/Gazeta Press
Rudy Trindade/FramePhoto/Gazeta Press

Eu salvei essa foto ou essa foto me salvou? (P.S.: Wendel, não precisa marcar esses aí não, esses jogam no seu time)


A real é que tirando aquela bola dos caras no começo do jogo, eles se limitaram a assistir o Fluzão Foderosão jogar. Não porque não tentaram, mas porque o Fluminense de Abel, O Eterno, marretou os caras durante 89 minutos, e mesmo com um a mais e o jogo garantido não abriu mão de tentar fazer mais.


Isso é reflexo claro do PUTA HOMÃO DA PORRA ABEL BRAGA, ÚNICO TREINADOR POSSÍVEL, que mesmo com o jogo ganho e um a mais, ficou PUTO DA VIDA quando o Pedro perdeu aquela bola embaixo da trave.


Que homem, esse Abelão. Puta quiupa.


>>> SIGA O FLU DA DEPRESSÃO NO FACEBOOK E NO TWITTER <<<


>>> LEIA: OS BASTIDORES DA OPERAÇÃO LAVA-FLU. "A SOLUÇÃO MAIS FÁCIL ERA BOTAR O ABEL"


>>> LEIA: BLOG LARANJEIRAS


>>> LEIA: O LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO


NOTAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


DIEGO CAVALIERI – NOTA: 12
Cava encarnou o ICEMAN, mas não o ICEMAN dos tempos áureos onde defendia pênalti num Fla-Flu aos 40 do segundo tempo e saía saindo como se nada tivesse acontecido, mas um ICEMAN que passou a maior parte do tempo parado, dono do melhor ingresso pro jogo. Assistiu à peleja de camarote, sendo acionado, ocasionalmente, pra cumprir a dolorosa missão de bater um tiro de meta ou sair jogando com o Leo Pelé.


LUCAS BARRIGUINHA – NOTA: 2
Foi, voltou, foi, voltou, foi, voltou. Aí foi; e voltou de novo. E quando a gente menos esperava, ele foi – e voltou de novo. Os cruzamentos não chegaram, mas quando ele errava o cruzamento, voltava; e aí ia de novo. Porra, se os laterais do Fluminense acertassem todos os cruzamentos que tentassem, todos os jogos seriam 10 a 0. Aí é sacanagem.


ZAGUEIRO HENRIQUE & RENATO CHAVES – NOTA: 34
3 de primeiro zagueiro, 4 de quarto zagueiro. A grande verdade é que eles tiveram tanto trabalho quanto o cara que ficou encarregado de anotar as estatísticas do Cavalieri e, felizmente, o único susto que a zaga deu hoje foi quando o animal do Liverpool deu uma bicicleta no pescoço do Zagueiro Henrique.


LEO ARANTES DO NASCIMENTO – Nota: 3
Metade de uma nota 6, nota 6 esta relacionada ao número padrão de um lateral-esquerdo, e não relacionada à camisa do WENDEL, pois para atingir o nível dessa LENDA, Leo Pelé precisaria parecer com o Pelé e com o Garrincha ao mesmo tempo. A grande verdade é que o Leo Arantes do Nascimento “parece até que tem dois pulmões” e uma disposição aparentemente infinita, inversamente proporcional à regularidade nos cruzamentos. Se o Leo Arantes do Nascimento acertasse metade dos cruzamentos que tenta, Henrique Ceifagols seria artilheiro não do Brasil, mas do Sistema Solar.


Luciano Belford/ Agif/Gazeta Press
Luciano Belford/ Agif/Gazeta Press

VAZOU: foto exclusiva do Campeão da Copa Sul-Americana de 2017


OREJUELA – NOTA: WENDEL
Se ter um Orejuela já era bom, ter um Orejuela e um Orejuelinha é bom pacarai. Wendel tá jogando tanta bola que o Orejuela ficou até em segundo plano, tanto é que estou usando a avaliação do Orejuela pra falar dessa coisa maravilhosa chamada Wendel. Meu Deus, como esse Wendel joga bola.


WENDEL – NOTA: OREJUELA
Puta que me pariu, como esse Wendel joga bola. Trata-se claramente do melhor jogador a sair de Xerém desde Fernando Bob. Ainda não sei se é um volante que sabe armar ou se é um meia que sabe marcar, ou se é um atacante que sabe marcar e armar, ou se é um zagueiro que sabe marcar, armar e atacar. ABELÃO, COLOCA ELE NO GOL RAPIDINHO PRA EU VER UM NEGÓCIO. Ele passa, chuta, marca, corre, praticamente um Umbabarauma. Quando você menos espera ele surge por entre as pernas do marcador e dá um totózinho pro Orejuela, e se a situação aperta ele surge do nada e acalma o jogo como se tivesse dezenove anos de EXPERIÊNCIA e não de IDADE. Amigos e amigas, eu tenho 24 anos e fico nervoso quando estou atravessando a rua e o sinal abre no meio do caminho, e o Wendel, com 19, segurou a bronca de COMANDAR o meio do Flu em uma estreia continental na frente de quase 40 mil pessoas. Se antes eu não sabia quem era Orejuela e quem era Leo Pelé, agora eu não sei quem é Orejuela e quem é Wendel, pois do meio-campo pra trás só vejo lendas. Wendel é a melhor surpresa de 2017, perdendo apenas para o mês em que o meu salário caiu no dia 4 em vez do dia 5. Que dia, aliás.


SORNOZA – NOTA: 20
EXCLUSIVO: o porteiro do prédio da namorada do melhor amigo do sócio do dono da FOOTSTATS me informou que às 23:22 desta quarta-feira o funcionário responsável por acompanhar as estatísticas do Sornoza deu um soco na mesa e gritou “EU DESISTO”, pegou suas coisas, passou no RH, deixou um bilhete falando que ia embora sem falar pra onde e ganhou a pista. A verdade é que o mapa de calor do Sornoza é um grande quadrado vermelho, e o mapa de calor do meu coração quando vejo esse DEUS DO FUTEBOL envergando a camisa 20 que um dia já pertenceu a Deco é repleto de cores que ainda não existem. Sornoza é o maior facilitador de jogo que eu já vi, sua visão de jogo parece o OLHO DE SAURON, tudo vê, tudo sabe, tudo compreende, e até o passe errado parece ser parte de um plano maior que envolve encontrar alguém em um espaço onde nem o camarada no camarote conseguiu enxergar. Está em todos os lados em todos os momentos, é regido por uma Constituição na qual é proibido fazer uma jogada que não seja incrível, e está sempre sorrindo, assim como eu, quando me dou conta do quão sortudo eu sou de torcer pra um time comandado por essa coisa linda de Deus. Deus não é brasileiro, Deus é equatoriano e por baixo de sua manta de Deus tem uma camisa escrita PAPA SORNOZA. Obrigado por existir, seu mito.


NEYMELLINGTON – NOTA: 14
Eu ia dar um 11, mas 11 me lembra o traíraConca. Aí pensei no 12, mas 12 é Cavalieri. 13 dá azar. Então toma um 14, em homenagem ao Henry, que jogava mais ou menos parecido com o Neymellington, mas sem a mesma capacidade de dibre. A evolução do Wellington é GRITANTE. Já não é mais o moleque que achava que podia impor a paz mundial com seus dibres, e agora entendeu que a paz mundial passa por dibrar e passar pro Sornoza, dibrar e cruzar pro Ceifagols, dibrar e, bom, se não der, tocar pra trás. Wellington agora também entende que precisa jogar sem a bola, e ele volta, corre, faz cobertura, desarma, briga. Bola no pé do Wellington é certeza de que vem coisa boa.


RICHARLISON – NOTA: RICHARLISON
Chega na gata e diz, “GATA, VOCÊ É MAIOR RICHARLISON”. A gata pira. Richarlison deve ser dos jogadores mais perigosos em atividade no Brasil, SEM CLUBISMO. É rápido, é forte, é feio igual um demônio, é incisivo, ele dribla, passa, arma, chuta de perto, chuta de longe, cabeceia, briga, cospe nos outros, é cuspido, e chuta, e corre, e briga. E COMO BRIGA. E aí inventa um gol, um chute de fora, uma semipuxeta, MEU DEUS, COMO TÁ JOGANDO BOLA ESSE RICHARLISON. Toca nele que é sucesso.


JOSÉ HENRIQUE CEIFAGOLS – NOTA: 9
DIGO E REPITO: há um motivo para que o CEIFAGOLS se chame Henrique DOURADO e não Henrique PRATEADO ou BRONZEADO. Houve uma primeira bola que passou a milímetros de seu ABENÇOADO PÉ; a segunda foi abençoada com a sorte de roçar, ainda que brevemente, na ponta da chuteira do Futuro Artilheiro do Brasil em 2017. QUERIA EU SER ESSA BOLA E MORRER NO FUNDO DAS REDES EM VIRTUDE DE UMA FINALIZAÇÃO DE CEIFAGOLS.


(LUCAS FERNANDES) - NOTA: 7
Trata-se claramente de um projeto de Wellington que, finalmente, parece estar caindo nas graças do Abelão, que no começo do ano parecia estar de birra com o garoto. É habilidoso e liso – às vezes acho que tão liso quanto o UÉLITU –, mas ainda precisa passar pelo INTENSIVÃO KUMON que o Wellington claramente cursou, pra se ligar que o futibas se joga pra frente e que tem outros 9 camaradas ao lado dele para ajudá-lo a balançar as redes. Fiquei DEVERAS APETECIDO com o Abel ter colocado o Lukinhas em campo e não o INOMINÁVEL (LEIA-SE MARQUINHO)


(PEDRO) – NOTA: CEIFAJUNIOR
Teve uma bolinha só, mas não alcançou. Devia ter tentado com o queixo, aí era só correr pro abraço.


(MARQUINHOS CALAZANS) – NOTA: WELLINGTON NEM NO COMEÇO DE 2012
Lembram do começo de 2012 quando o Wellington Nem entrava alguns minutos em campo e TOCAVA O ZARALHO? Esse é o CALAZÃOS. Boatos dão conta de que desde a final da Taça Guanabara o Pará tá procurando o cara. Precisamos urgentemente de um lateral-esquerdo pra reserva do Leo pra tirar o CALAZÃOS de lá e colocá-lo no meio ou no ataque, eliminando de vez o Risco Marquinho.


ABEL CARLOS FUCKING BRAGA – NOTA: LÁGRIMAS
Quero ter 7 filhos, e já decidi os nomes: ABEL, CARLOS, BRAGUINHA, ABEL CARLOS, ABEL BRAGA, CARLOS BRAGA e ABEL CARLOS BRAGA JUNIOR. Se forem meninas, serão ABELA I, ABELA II, ABELA III e por aí vai. Quero tatuar uma foto do Abel suado no meu peito, e outra do Abel levantando TASSAS na minha bunda. Quero confeccionar um cobertor com a foto do Abel, pra dormir quentinho abraçado pelo MAIOR TREINADOR DE TODOS OS FUCKING TEMPOS. Somente o Abelão é capaz de, com 2 a 0, um jogador a mais, aos 35 do segundo tempo, E S B R A V E J A R na beira do campo porque perdemos um gol. Somente o Abelão é capaz de comemorar um gol com mais vigor do que os 37 mil torcedores nas arquibancadas. Somente o Abelão é capaz de despertar em meu coração os sentimentos mais bons e puros possíveis. Abelão: eu te amo, Abelão.


Flickr Fluminense
Flickr Fluminense

Uma foto do Abelão, porque sim


MARQUINHO – NOTA: 1000000000000000
Partida irretocável desse grande mito do futebol brasileiro, que desempenhou com excelência a sua melhor função: