Botafogo quer Robinho: as sondagens aos jogadores do Figueirense não devem parar por aí

A tabela de classificação pode não demonstrar, mas o futebol apresentado pelo Figueirense chama a atenção do mercado da bola. Apesar da presença na zona de rebaixamento, o alvinegro está entre os principais ataques da Série B e isso dá holofotes aos homens da frente.


O meia-atacante Robinho é quem mais se destaca no quesito. Autor de cinco gols, o jovem atleta é cobiçado pelo Botafogo. Além disso, há especulações quanto a sondagens de outras equipes da Série A.


Robinho veio do Atibaia (interior de São Paulo) para um período de testes no Scarpelli. Trazido pelo parceiro do clube, Mário Marcondes, sequer foi apresentado com os demais "reforços" para o Campeonato Brasileiro. De aposta, passou a ser o principal jogador do time. Ainda assim, seu salário não chega a dois dígitos.


Em declarações, o jogador ressaltou a proposta do Botafogo, mas que a ida para o Rio de Janeiro não depende de si. 


Eu também trocaria a Série B pela Libertadores. Um salário baixo por um bem superior. Um clube que atrasa os pagamentos por um que tenta se reerguer. É do futebol.


Amor ao clube quem tem é torcedor e sabemos que 99,9% dos jogadores trocam de time como quem troca de roupa, até porque são profissionais. 


Espero que Robinho não saia, mas não me surpreenderia se isso acontecesse. Caso fique, será fundamental na briga pelo acesso, pois futebol ele tem mostrado.


Além do atacante, o Figueirense tem outros bons valores. Luidy, Dudu, Dudu Vieira, Bruno Alves. Todos jovens. E como o clube precisa de dinheiro, nada me convence que uma boa proposta não possa tirá-los do Scarpelli.


É esperar para ver.