Ah, Cruzeiro… Não me faz empolgar!

Geraldo Bubniak / Cruzeiro
Geraldo Bubniak / Cruzeiro

Que Mano saiba conduzir bem esse bom momento depois de duas vitórias


Podem me beslicar que não estou acreditando! O Cruzeiro conseguiu pela primeira vez no Brasileirão duas vitórias consecutivas, marcou mais de dois gols em duas partidas seguidas, o Mano mexeu bem no time e o Leo fez grande jogo! Sinceramente, essas duas últimas partidas eram realmente o que os torcedores queriam e precisavam. E que não pare por aí!


ESPN.COM.BR | Cruzeiro vence o Atlético-PR fora de casa e entra no G-6


Mais uma vez o Cruzeiro foi Thiago Neves, Romero e mais nove! A bola que os dois estão jogando é um dos fatores para essa melhora do time, além da saída do Caicedo da zaga, uma relativa melhorada na postura do meio de campo, e o renascimento do Alisson que deu mais mobilidade ao ataque.


ESPN.COM.BR | Gols de Atlético-PR 0 x 2 Cruzeiro



Depois do sacode no clássico e da pressão da torcida, parece que, enfim, o Mano está tentando dar um padrão para o time dentro de campo. A vitória foi e é muito importante, mas o time ainda sofre com a irregularidade.


Para mim, os nossos volantes seguem não marcando bem e deixando muitos espaços no meio. Os adversários passam facilmente por Henrique e Lucas Silva (e por do Cabral também - não é porque não atuou contra o Atlético-PR que vou deixá-lo de fora). Para se ter ideia, o jogador que mais roubou bola na partida para o time azul foi o Romero, que estava improvisado na lateral, e ainda marcou o primeiro gol do time.


O ataque segue jogando longe da área e a transição do meio para frente enfrenta um abismo. A mobilidade e saídas de Alisson e Thiago Neves têm sido a válvula de escape do time, já que o Sóbis não tem sido tão participativo.


Se formos resumir as atuações do Cruzeiro contra Palmeiras e Atlético-PR, podemos dizer que o time foi eficiente. Conseguiu finalizar nas chances que teve; jogou defensivamente, mas não recuado; e o time não acabou fisicamente em campo.


Sinceramente, assim como foi depois da vitória contra o Atlético-GO, não vou me empolgar com esse trunfo sobre o Furacão. É muito fácil mostrar evolução, superioridade e domínio contra um adversário que está lutando contra o rebaixamento.


Geraldo Bubniak / Cruzeiro
Geraldo Bubniak / Cruzeiro

Cruzeiro: o resultado foi muito melhor do que a atuação


Prefiro esperar o jogo do fim de semana contra o Flamengo e aí sim ter certeza que o que estamos tendo no time é uma evolução e não somente uma doce ilusão.


Agora, já imaginou se ganha do Flamengo? Vamos ficar a quantos pontos mesmo do líder?


Torcedor não aprende mesmo…