Cruzeiro tem a obrigação de vencer o Grêmio no Mineirão

Meu amigo, hoje o papo é reto: a vitória é obrigatória e, acredite, não é nenhum absurdo pensar assim. “Ah, mas o adversário é o Grêmio que joga o melhor fut...” Que se exploda o melhor futebol e a badalação da mídia! Aqui no Mineirão quem manda é o Cruzeiro e a vitória é fundamental para entrarmos na briga pelo topo do campeonato, que é nosso lugar de direito. Derrota ou empate? Nem cogito.


GazetaPress
GazetaPress

Detonando o Grêmio em 2014...


“Ah, mas dessa forma está jogando muita pressão nas costas dos jog...” Cara, se jogador não aguenta a pressão de vestir o manto azul, que peça demissão e vá jogar num desses times médios que abundam na série A. No Cruzeiro não há espaço para fracos, aqui camisa é armadura, jogador é guerreiro e cada jogo, uma verdadeira batalha.


“Ah, mas eles têm Luan, Kannemann, Éverton e são donos do melhor ataq..” Não ligo, cara, podem chamar de volta o de De Leon, Paulo Nunes e botar a chuteira no Renato que não vão passar! Nunca passaram e não vai ser dessa vez que vão tirar os três pontos da gente.


GazetaPress
GazetaPress

Detonando o Grêmio em 2013...


Sabe por quê? Porque Cruzeiro é Cruzeiro, não nasceu em 2013. Temos milhares de páginas heroicas em nossa biblioteca de glórias. Time badalado pela mídia fatalmente chora no Mineirão porque temos orgulho da nossa história e consciência da nossa grandeza.


Embora, admito, não atravesse um momento muito favorável, o Cruzeiro nunca se apequenou diante das adversidades e de um adversário tido mais forte. E não será dessa vez que irá sucumbir. A vitória tem que ser nossa a qualquer custo. Cada centímetro de grama conquistado tem que ser comemorado como se fosse um gol. Toda disputa encarada como se dela dependesse a própria vida. E o gol perseguido como fosse a última gota de água no deserto.


Então, meu amigo, vamos parar de pensar pequeno. Levanta a cabeça, somos Cruzeiro, somos gigantes!


Pra cima deles!