Jogadores e torcida se rendem: Carille é o grande destaque do Corinthians em 2017

Gazeta Press
Gazeta Press


Quem diria que, um pouco mais de um ano após a saída de Tite para a seleção brasileira, nós, corintianos, estaríamos enaltecendo o trabalho de um treinador à frente do Corinthians. O mundo dá tantas voltas que Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira fracassaram, e justamente o pupilo de Adenor em seus tempos de Timão deu conta do recado e hoje é avaliado de forma unânime por todos que acompanham o futebol brasileiro.


Fábio Carille merece respeito. Já em seu primeiro trabalho como técnico, o treinador tem que dar conta de doutrinar nada mais, nada menos do que o maior clube do Brasil, e parece que a pressão não o assustou. Com o título do Paulistão, Carille garantiu a calmaria e a segurança que precisava para trabalhar a equipe para o Campeonato Brasileiro. O resultado é nítido: antes desacreditado e taxado como ‘quarta força’ do estado, o Timão é líder isolado do Brasileirão.


E ao que tudo indica, não somos só nós, torcedores, que enxergamos a qualidade e a importância de Carille. Os atletas corintianos também exaltam o treinador. Gabriel, após o gol no Majestoso, disse as seguintes palavras: "O Carille é o fator principal para o que está acontecendo. Eu cheguei vendo futebol de outro jeito e hoje enxergo de uma maneira diferente. Cresci muito com as dicas e os treinos que ele dá. Ele conversa, chama na sala dele para . mostrar erros e acertos. A visão que tenho do futebol hoje é totalmente diferente, me sinto privilegiado em trabalhar com ele".


Além do volante, o goleiro Cássio, um dos líderes do elenco e que já trabalhou com treinadores como Mano Menezes e Tite, também fez questão de enaltecer o professor: “O Carille traz algumas coisas do Tite, mas nem todos os jogadores trabalharam com o Tite, então o mérito hoje é do Carille, de mudanças táticas, dicas”. Ou seja, além de todo o desempenho em campo que nós podemos elogiar, parece que durante os treinamentos e nos bastidores Carille tem tudo nas mãos.


Muito obrigado, professor. O sucesso corintiano é todo seu. Agora ficamos na torcida para que o Paulistão não seja o único troféu que você e sua equipe levantem esse ano.


Siga a página no Facebook: Paixão Maloqueira