5 coisas que o Corinthians precisa ter em mente na luta pelo título

Gazeta Press
Gazeta Press


Eu tenho dito já faz um tempo, mas parece que alguns teimam em não acreditar: com a má fase dos ‘poderosos’ rivais que antecipadamente já se autodenominavam candidatos absolutos ao Campeonato Braseiro, o Corinthians tem uma grande chance de brigar entre os líderes em 2017. Os bons resultados nesse início de competição podem fazer a diferença na reta final, portanto, seguimos no embalo latino: ‘Pasito a pasito, suave suavecito’, como diria Luis Fonsi no hit Despacito. Pouco a pouco, vamos garantindo pontos preciosos que podem nos candidatar realmente à conquista de mais um caneco.


Porém, fique atento Corinthians! Alguns fatos precisam ser analisados e detalhadamente estudados para que a boa fase não tenha um final precoce, e que assim em dezembro possamos todos comemorar mais uma vez na Avenida Paulista. Seguem os ensinamentos que a Fiel Torcida gostaria de passar a todos os responsáveis pelo Timão:


• Não perder a oportunidade de comprar Pablo
Depois de uma temporada no ano passado com um setor defensivo instável, parece que Fábio Carille conseguiu botar ordem na casinha e nossos zagueiros começaram a demonstrar mais confiança e qualidade na hora de espantar o perigo de lá de trás. É óbvio que toda essa melhoria desenrolou-se após a chegada de Pablo ao Timão, o xerife dono da camisa 3 que caiu como uma luva no sistema corintiano. Para ter uma zaga de sucesso, Pablo precisa assinar o contrato com o Corinthians para ontem.


• A predominância fora de casa precisa continuar
Uma das maiores armas do Corinthians nas últimas temporadas tem sido nosso estádio, que, com a força da Fiel Torcida, se torna um caldeirão que amedronta qualquer adversário. Porém, um fato que tem sido diferente nesse início de Campeonato Brasileiro é a força do Corinthians como visitante. Até agora, são três confrontos e três vitórias. É praticamente impossível manter essa toada até o final do BR-17, mas, se o Coringão conseguir dar continuidade ás boas atuações longe da Arena Corinthians, dificilmente sairemos da parte de cima da tabela.



• Não tirem Jô do 220V!
Para título de curiosidade: você sabia que o Timão nunca teve um artilheiro no Campeonato Brasileiro desde que a competição passou a ser disputada no sistema de pontos corridos? Pois é! Quem sabe 2017 seja o ano para acabar com essa seca. E, para isso, nós já temos um fortíssimo candidato: Jô, o Rei dos Clássicos. O atacante tem sido crucial para a boa fase corintiana, e não é à toa que grande parte dos lances criados pelo Corinthians nessa temporada passa pelos pés de Jô, seja em um desvio de cabeça ou na hora de arrematar para o fundo do gol. Se esse período positivo de Jô for duradouro, com certeza teremos uma equipe cada vez mais letal e competitiva.


• O elenco precisa dar conta do recado quando for necessário
Os nomes que compõem o banco de reservas do Corinthians não convencem muito, porém, até agora estão dando conta quando acionados. Clayton deixou uma boa impressão após os dois gols contra o Vasco, Clayson parece ser um garoto que tem bola para amadurecer (o rapaz tem apenas 22 anos e o Timão é o primeiro clube grande de sua carreira) e Marquinhos Gabriel parece estar focado em tirar a associação de ‘tiriça’ ao seu nome. Além disso, os jovens zagueiros Pedro Henrique e Léo Santos também aproveitaram as chances que Fábio Carille concedeu. Ou seja, não precisamos de um elenco milionário como alguns rivais possuem; o importante é ter uma regularidade quando os titulares não estiverem disponíveis para os confrontos.


• Fica, Guilherme Arana!
Não é de hoje que nós exaltamos o futebol de Arana aqui no blog. A qualidade do nosso lateral-esquerdo é absurda, portanto, é de extrema importância que nossa diretoria zele pelo atleta. Segurem todas as propostas possíveis por Arana, não deixem o menino nem pensar em deixar o Corinthians! Nós sabemos que a força do mercado internacional é absurda, mas, na atual conjuntura, é mais importante segurar uma peça-chave de relevância indiscutível para o grupo do que acumular grana em uma possível venda. Fique, Arana! É o que TODOS os corintianos, que nunca te pediram nada, suplicam no momento.
-----------------------------------------------


E você: concorda com nossos ensinamentos? Faltou alguma coisa? Mande para a gente! Afinal, nosso propósito com certeza é o mesmo: ver o Corinthians campeão (mais uma vez).


Siga a página no Facebook: Paixão Maloqueira

*Fabio Chiorino e Maria Victoria Poli colaboraram