10 anos depois, uma carta para mim: 'O Corinthians vai ganhar tudo e mais um pouco'

gazetapress
gazetapress

Como disse um amigo, grande Lelo: o primeiro hepta com pôster de hepta


Se eu pudesse mandar uma carta para a Nayara de 2007 neste momento, eu mandaria. Avisaria que em 10 anos tudo ficaria bem. Que aquela noite sem dormir - uma das piores de toda a vida - seria trocada por noites sem dormir comemorando títulos na rua, no estádio, em casa. E que aquela angústia viraria alegria.


Ainda sobre o pior momento da história do Corinthians, preciso lembrar de 2008. Aquele ano trouxe uma esperança no coração do torcedor. Vimos se formar ali um time cascudo, forte, que sabia o que era jogar no clube. E sabia que podia sonhar muito mais alto. A festa do acesso aquele ano foi no jogo contra o Avaí em casa, num jogo truncado, chuvoso, enjoado. Ganhamos e comemoramos ao som de uma música na arquibancada que começavam com "o show tá começando, o Coringão voltou, foi demais...". Ali, até sem querer, prevíamos um futuro muito próspero.


Em 10 anos ganhamos 10 títulos (considerando já o heptacampeonato nessa conta). Vivemos o melhor do auge, vivemos problemas também e soubemos lidar dentro do possível com eles. Sempre, porém, com a cabeça no lugar para que os erros do passado não nos assombrem.


E na cota de coincidências do futebol, 10 anos depois, logo contra o Avaí, que esteve presente no fim de nosso calvário, conseguimos colocar quase as duas mãos na taça do Brasileirão.


Somos o time que será campeão com mais rodadas liderando. O melhor primeiro turno da história. E mesmo com um segundo turno conturbado, seguimos isolados na liderança. É uma campanha para ninguém botar defeito.


A ansiedade já está alta, a vontade de soltar o grito de campeão já não cabe no peito. Mas a gente sabe que aqui é Corinthians e que, apesar do marketing do clube se apropriar desse termo, realmente nada vem fácil. E se a taça não vier na quarta, que venha logo. Já não aguentamos mais esperar. Que esse ciclo de 10 anos seja coroado com o maior campeão brasileiro, o único time com pôster de hepta campeão na parede dos torcedores, num grito de é campeão que pare o país. E que espante tudo o que passamos há 10 anos.


E por fim, gostaria de deixar um grande abraço para você que riu da quarta força. O time da quarta força está a um passo de ser heptacampeão brasileiro.


Vai Corinthians!
Siga no twiter: @corinthiana