Corinthians: torcedor não pode desdenhar da Copa Sul-Americana

gazetapress
gazetapress

Vai pra cima, Timão!


Temos que disputar a Sul-Americana para ganhar.


Digo isso porque, apesar de muitos concordarem com a ideia de focar em um só campeonato e caírem no papo que disputar várias competições ao mesmo tempo é impossível e tudo mais, meu coração alvinegro não permite que eu pense dessa forma. Onde o Corinthians joga, quero que jogue com vontade, para vencer. Perder faz parte, mas jogar para perder não é algo que eu ache certo, tampouco natural de um time do tamanho do Corinthians.


Portanto, me revolto toda vez que vejo alguém desdenhando da Copa Sul-Americana. Teremos não só a chance de tentar trazer mais uma taça - inédita, inclusive -, como a de trazer dinheiro para o clube. O campeão leva pouco mais de 6 milhões de reais. Na atual situação financeira, todo dinheiro é bem-vindo.


Agora, o que esperar do jogo contra o Racing? Esse será talvez o adversário mais duro que enfrentamos até agora na competição. Sem desmerecer os anteriores, claro, mas o Racing é um time de peso. A situação atual deles talvez nos ajude: sofreram um desmanche recente e tem muitas peças novas no elenco. Mas ainda contam com Lisandro Lopez, referência no ataque e capitão, e Andrés Ibarguen, meia contratado do Atlético Nacional na transação mais cara da história do Racing.


Se jogarem como jogaram com a formação atual, a tendência é que venham fechados num 5-3-2 para tentar impedir ataques pelas laterais. Resta ao Corinthians voltar a ter aquele ataque preciso para vencer em casa.


Amanhã será um dia especial na Arena Corinthians com a comemoração do aniversário do clube. Espero que o resultado em campo faça jus à festa linda que a torcida fará nas arquibancadas.


Vamos, Corinthians. Que essa noite, teremos que ganhar!



Siga no twitter: @corinthiana