Corinthians, 107 anos: 7 momentos inesquecíveis para relembrar

gazetapress
gazetapress

'Corinthians é uma torcida que tem um time'


Hoje é dia de Corinthians.


Em 1 de setembro de 1910, operários se juntaram para fundar o Sport Club Corinthians Paulista. Enfrentaram todo tipo de preconceito, chacota e humilhação para conseguir entrar na liga. Entraram. Na bola, na raça. Criaram um time que traria para si uma das maiores torcidas do mundo. Uma torcida -como diz o ditado alvinegro - que tem um time, e não um time que tem uma torcida.


E, como dizem, a entidade Corinthians é um espetáculo à parte. Corinthians não é só futebol, jogadores e torcida. É uma manifestação genuína de uma das maiores paixões já vistas. Ser Corinthians é apaixonar-se diariamente, é viver a vida no modo mais difícil mas desfrutar dos bons momentos como poucos conseguem. 


Tirei o dia de hoje no twitter para, junto com outros torcedores, elencar 7 momentos mais Corinthians que já vivemos em todos os aspectos do futebol. Já que 107 momentos não caberiam nesse post, deixo a caixa de comentários para a torcida ajudar nessa lista! 


7. Embaixadinhas do Edílson (1999)



Num dos anos mais acirrados da rivalidade entre Corinthians e Palmeiras, Edílson decide mostrar que sabia muito de futebol mandando embaixadinhas já no segundo tempo em que o Corinthians estava com uma mão na taça do Paulista. Cenas lamentáveis, confusão e choro por parte dos rivais. Da nossa parte, só risos e comemoração do título.


6. Corinthians x Vasco (2012)



Não foi só pelo gol do Paulinho nos últimos minutos do jogo, mas sim pela comemoração ensandecida com a torcida no alambrado, pelo abraço no torcedor e por Tite, expulso daquele jogo e comandando o time de um espaço na numerada, ao lado dos torcedores, ajudando a passar instruções. Talvez um dos jogos mais Corinthians da história. 


5. Gol do Tupãzinho (1990)



Também pelo contexto do Brasileirão 90, em que o Corinthians chegava tão desacreditado. Já vi entrevista do próprio Neto dizendo que no hotel não haviam feito nenhuma preparação para o título. O gol redentor de Tupãzinho, tal qual Basílio em 77, nos livraria de mais um peso: o de ainda não ter ganhado um Campeonato Brasileiro.


4. Festa do centenário no Anhangabaú (2010)


Talvez um dos temas mais citados, a festa do centenário no Anhangabaú foi uma das mais Corinthians em que já estive. A cidade inteira alvinegra, metrô, ônibus, um sem fim de corinthianos por todas as partes da cidade, que em São Paulo se concentraram no Vale do Anhangabaú para uma festa que não consigo descrever. No momento em que começaram as músicas dos Gaviões no palco e as pessoas pulando para cantar, o chão tremia tanto que por um momento achei que o asfalto ia rachar. Ali era Corinthians por corinthianos. Foi um dia para guardar no coração.


3. Invasão do Japão/aeroporto (2012)



As mil histórias de pessoas que gastaram o FGTS de uma vida para atravessar o mundo e até os torcedores que foram das mais diversas formas ao aeroporto de Guarulhos saudar e apoiar o time do Corinthians. Fomos da várzea pra o mundo mostrar o que é paixão de verdade.


2. Torcida com as mãos para cima no jogo do Penta (2011)




Um dia muito triste para todos os corinthianos com a morte de um dos maiores ídolos de nossa história, mas com uma homenagem forte e ao mesmo tempo simples: um estádio inteiro com o punho cerrado para o alto, como o Doutor Sócrates gostava de comemorar seus gols, cantando e coroando o dia com mais um título brasileiro. Inesquecível.


1. Invasão ao Maracanã (1976)





A torcida que mais cresceu em tempos de jejum e que fez o maior deslocamento pacífico de pessoas da história. Talvez não seja necessário explicar mais nada.


--


Que esses 107 sejam coroados da melhor forma: na humildade, calando os críticos e mostrando para todo mundo que aqui é Corinthians.


Parabéns, Corinthians!