Coringão elimina SPFC e amplia freguesia; veja números

gazetapress
gazetapress

São Paulo treme para o Corinthians em mata-mata mais uma vez


Eu já perdi as contas de quantas vezes comemorei o Corinthians eliminando o SPFC. Não há vitória dos caras contra nós que supere os números da freguesia. Se o assunto é mata-mata ou partida eliminatória, o Corinthians humilha o tricolor em números. Chega a dar pena (mentira).


Jô guardou o dele novamente e, mesmo com muito choro, o time tricolor não conseguiu produzir nada na casa do Coringão. Mas, conforme prometi nesse post, vamos aos números da freguesia no clássico Majestoso. Acompanhem comigo:


Todos os jogos:
São 332 jogos. 124 vitórias do Corinthians e 102 vitórias do SPFC.


Nessa contagem eles consideram os jogos do São Paulo da Floresta, time que veio antes do SPFC. Entre os dois times há um espaço de 8 meses da falência do primeiro time e a fundação do atual. Retirando os jogos de 1930 a 1935, a freguesia continua de qualquer maneira.


Em mata-mata:
São 21 jogos. Sendo 16 mata-mata e 5 jogos eliminatórios. 15 vitórias do Corinthians, 6 do SPFC.


Em Finais:
São 12 jogos, sendo: 8 vitórias do Corinthians, 4 vitórias do SPFC.


Agora só do m1co Ceni, o tal goleiro freguês do Corinthians:
Tomou o milésimo gol da carreira num jogo contra o Corinthians, gol de Elias.


Foi derrotado em 7 mata-matas contra o Corinthians.


Em 95 jogos oficiais, perdeu 25 deles e ganhou 21.


Considerando os jogos do juvenil, como ele mesmo considera em sua contagem pessoal, Rogério Ceni tomou 104 gols do Corinthians. Nenhum outro time fez tantos gols no Rogério quanto o Corinthians.


Os números não mentem, amigos. A freguesia do lado do tricolor não vai acabar nem em mais 100 anos de clássico. Rogério Ceni é freguês como goleiro e freguês como técnico. E o São Paulo é freguês em Itaquera, no Morumbi, Pacaembu e em todos os estádios que já nos enfrentaram.


Por fim, deixo apenas a pergunta: CPF na nota?