La Universidad do Professor Rodriguinho

Caro aluno, você por acaso acompanhou os dois jogos entre Corinthians x Universidad de Chile? Caso tenha visto, você já sabe do que eu estou falando, mas, se você não viu, então "veeeeeeeeenha", afinal “eu não devia, mas vou lhe ajudar”.


Br Garófalo
Br Garófalo

Professor Rodriguinho


A primeira partida aconteceu no mês de abril e o Timão venceu os chilenos por 2 x 0, com gols de Jadson e outro de "quem? quem?". Rodriguinho Nonato, ele mesmo. “Um menininho, cabeçudinho, joelinho grosso, perninha fininha”. Foi ele quem abriu o placar na noite do dia cinco daquele mês, mais precisamente aos 41 minutos do primeiro tempo.


Passado mais de um mês, chegou o momento do jogo de volta e, diretamente do Aerporto de Guarulhos, o chamado para o voo: atenção passageiros com destino Santiago do Chile, portadores de ficha da cor do seu time, portão V de vitória, e se piqueeeeeee!


Inspirado no eterno Galeão Cumbica o jogo de volta teve Cássio decolando para fazer grandes defesas, Romero no estilo Paulo Cintura “cheio de energia”, jogando invertido para marcar Beausejour e segurar durante os 90 minutos as investidas do lateral. Afinal, “saúde é o que interessa, o resto não tem pressa”.


Pressa tinha a La U, que perdia por 2 x 0 no agregado e logo viu sua situação piorar depois que o professor Rodriguinho chamou os defensores chilenos para um “sambarilove” e estufou as redes adversárias, marcando 1 x 0 para o Timão. E, assim como o Seu Boneco, ele foi pra galera!


Hora da merenda e, após um breve "vapt-vupt", os times voltaram a campo para a segunda etapa e, assim como dizia o rabino Samuel Blaustein, “melhor zero na nota do que prejuízo na bolso”. A La U tinha zero no placar e um prejuízo enorme para arcar. Prejuízo esse que evoluiu para falência assim que o Professor Rodriguinho tabelou com Jô e, com um “pá daqui, pá da li, pá de cá, pá de lá”, a bola acabou sobrando no pé de Jadson, que anotou o segundo do Timão.


Com muita raça, o time chileno não desistia, a torcida empurrava e parece que Felipe Mora “captou a vossa mensagem“ vinda das arquibancadas e conseguiu marcar o gol de honra para La Um que já teve seu nome divulgado na lista de cortes da Copa Sul-Americana.


Valeu, Professor Rodriguinho, pela aula de futebol. Jogando desse jeito, o seu salário ó.... só tende a aumentar, nota 10.


E "zé fini, tá na boca do Brasí".