Para o Corinthians, ser campeão do primeiro turno é mais que um título simbólico

Após o empate em 1 a 1 com o Flamengo - no qual fomos absurdamente prejudicados pela arbitragem -, o Corinthians conseguiu o título do 1º turno do Campeonato Brasileiro. Mas, apesar de não representar nada historicamente, os números envolvendo essa conquista são animadores para quem quer ver o time campeão nacional no fim do ano.


Dos 14 anos com Campeonatos Brasileiros de pontos corridos, em todos o time que terminou o primeiro turno na liderança acabou o campeonato campeão ou como vice. Ainda que o título esteja longe, a campanha do Corinthians em pontos corridos nos últimos anos é incrível.


Dos últimos seis turnos disputados pelos campeonatos brasileiros, o Corinthians venceu quatro: 2° turno de 2014, os dois turnos de 2015 e agora o 1° turno de 2017. Em 2016, por exemplo, o Palmeiras terminou o 1° turno com 36 pontos. Nós temos 41, mesmo com os dois gols mal anulados de Jô contra o Coritiba e Flamengo, que nos custaram quatro pontos.


Gazeta Press
Gazeta Press

Um passo de cada vez, sempre focado ponto a ponto: este é o Corinthians de 2017


Não vai ser fácil, mas é bem possível que o clube consiga fechar o primeiro turno com a melhor marca da história. Basta conquistar três dos seis pontos em disputa até o fim da 19ª rodada contra Atlético-MG e Sport Recife.


O Corinthians caminha a passos largos para fazer história no Brasileiro. O time é frio, equilibrado e, mesmo com desfalques, consegue buscar os resultados. É verdade que não jogamos tão bem domingo, especialmente no segundo tempo, mas a oscilação por parte do desempenho em um campeonato tão longo é comum. Carille só não pode se contentar com o que viu contra Fluminense e Flamengo.


É difícil fazer qualquer análise de um time que consegue vencer os jogos que precisa e ainda assim conta com a sorte para manter a distância dos adversários na liderança. O empate entre Grêmio e Santos mostrou isso. E isso é fundamental.


Só faltou sorte para vencer o Flamengo e a arbitragem no domingo, mas, mesmo assim, o empate foi importante diante de um time bastante qualificado. Que venha o Galo, o Sport, a Chape e todos os outros. E que Jô continue sendo decisivo, líder e goleador até o fim de 2017.



Siga o blogueiro no Twitter: @kaioesteves e acompanhe as novidades do Corinthians, pelo Facebook, na página Corinthiosidades