'Cristian afastado no Corinthians'. Mas já não estava?

O volante Cristian, que teve uma passagem bastante positiva pelo Corinthians em 2009, foi afastado pela diretoria depois de dar declarações negativas sobre o clube em entrevista ao diário Lance! nesta semana. Ele criticou a postura do clube com o sumiço de sua aliança, durante a pré-temporada, nos Estados Unidos.


"Após reunião entre o Diretor de Futebol Flávio Adauto e o Gerente de Futebol Alessandro Nunes ficou definido o afastamento do atleta Cristian Baroni. Durante tal período o volante terá todos os seus direitos respeitados e continua tendo as mesmas condições de trabalho que o restante do elenco no Centro de Treinamento Joaquim Grava, passando a exercer suas atividade sem horários a serem definidos pela Comissão Técnica".


Cristian foi um jogador importante num momento de crescimento do Corinthians, após disputar a Série B. Ao lado de Ronaldo, Chicão e William Capita, liderou o Corinthians que venceu o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil em 2009. 


Não podemos esquecer que, depois jogar na Turquia, muitos defenderam o retorno do volante ao Corinthians, achando que ele seria o mesmo jogador da primeira passagem. A diretoria ofereceu um contrato extenso com um salário muito alto. Deu no que deu: muita grana, pouco futebol. Hoje, o salário dele só é mais baixo que o de Jadson. Falam em algo acima de R$ 400 mil.


Pelo que ganha, no mínimo, Cristian deveria ser jogador com status de titular e, principalmente, um dos líderes do elenco dentro e fora de campo.


Gazeta Press
Gazeta Press

Muito dinheiro, pouco futebol: Cristian não vai deixar saudades


O que eu não consigo acreditar é como um atleta pode ganhar tanto, contribuir tão pouco com o time e ainda sair criticando o seu empregador. Eu sentiria vergonha se fosse o Cristian. O Corinthians errou ao acertar o seu retorno, mas está honrando com o absurdo compromisso que assinou e dá toda estrutura necessária para o cara trabalhar.


Ele, por outro lado, só ganha e não corresponde. Quando recebeu oportunidades, andou em campo e só tocou para o lado. Foi tão incompetente que conseguiu ficar fora da lista dos 28 atletas inscritos para o Paulista.


Cristian foi afastado pela comissão técnica, mas já está afastado do Corinthians há anos. Antes, confesso, eu gostava dele e da sua garra dentro de campo. Não aprovei seu retorno, mas quando veio torci para ser um líder do grupo.


Hoje, o volante não merece mais nenhum voto de confiança do torcedor ao se mostrar um profissional acomodado. Decepcionante e lamentável.


O afastamento só confirmou o que todo mundo já falava: Cristian está no Corinthians para ganhar dinheiro, esperar o contrato vencer e ir embora. E, mesmo levando em conta o que conquistou em sua primeira passagem, não vai deixar saudade alguma. Espero que o afastamento seja um ponto final em uma história tão constrangedora para os dois lados.



Siga o blogueiro no Twitter: @kaioesteves e acompanha o @mosqueteiro1910


No Facebook, acompanhe o Corinthians pela página Corinthiosidades