Mourinho se esqueceu: Kanté é de outro planeta

Por mais que o Chelsea caminhe a passos largos para conquistar a Barclays Premier League, a FA Cup não poderia ser desprezada, ainda mais sendo um confronto válido pelas quartas de final e tendo o rival Manchester United pela frente. 


Além destes ingredientes, a partida também prometia ser extremamente acirrada, muito por conta da vitória por 4 a 0 meses atrás pelo Campeonato Inglês e o desejo de revanche por parte de José Mourinho e seus comandados. 


Mais preparado para não levar outro chocolate, o ex-treinador dos Blues arrumou bem sua equipe e, durante determinados momentos do jogo, conseguiu anular as principais ações ofensivas de Willian, Hazard e Diego Costa.


O português só esqueceu do elemento surpresa do Chelsea, o grande destaque nesta temporada: N'Golo Kanté, o pior pesadelo do United. E é aqui que começa o primeiro capítulo desta classificação.


1 - Kanté é de outro planeta


Getty Images
Getty Images

Kanté novamente jantou Pogba em Stamford Bridge


Quando o Chelsea oficializou a contratação do francês, fui bem claro: Kanté chegaria para ser titular e ser o dono do meio-campo. Não deu outra e, jogo após jogo, o camisa 7 prova que, atualmente, é um dos melhores volantes da atualidade. 


Chega a ser absurdo a maneira como o jogador está presente em todos os lances e preenche cada terço do campo de maneira incrível. Até mesmo Hazard brincou quando disse que às vezes sente que há dois "Kantés" no time. É realmente surreal. 


Assim como aconteceu pela Premier League, o francês engoliu o meio-campo rival e colocou, mais uma vez, Pogba e companhia no bolso. Quando pensávamos que sua atuação não podia ser mais grandiosa, Kanté acertou um lindo chute para vencer De Gea.


2 - Antonio Conte x José Mourinho


Getty Images
Getty Images

Segura o homem!


Ah, como José Mourinho é previsível. Era muito óbvio que o português aprontaria em Stamford Bridge. 


A desavença com Antonio Conte ficou bem evidente neste confronto, quando ambos treinadores tiveram que ser contidos pela equipe de arbitragem. Chamado de Judas pelos torcedores, Mourinho acenou com três dedos, em alusão aos três títulos conquistados quando comandava os Blues.


Polêmicas à parte, Mourinho colecionou mais uma derrota para seu ex-clube, agora comandado por um treinador que prefere focar dentro de campo do que acumular intrigas e discussões desnecessárias.


O Chelsea ainda visitará o United nesta temporada, desta vez em Old Trafford. É mais um duelo que promete confirmar de vez a rivalidade entre os clubes, que estava morna nos últimos anos.


3 -  Que venha o Tottenham


Logo após a vitória aconteceu o sorteio para definir as semifinais da FA Cup. Enquanto Arsenal terá pela frente o Manchester City, o Chelsea irá encarar um velho conhecido desta temporada: Tottenham.


Os Spurs, como tem acontecido nos últimos anos, têm sido um adversário extremamente complicado. É duro encarar nosso rival em Stamford Bridge e especialmente em White Hart Lane, onde o Chelsea já foi derrotado em 2016/17. 


A partida acontecerá no dia 22 de abril, em Wembley, mesmo palco em que os Blues derrotaram o Tottenham na final da Capital One Cup em 2015. Antes disso, o estádio também foi o local onde o Chelsea anotou 5 a 1 contra os Spurs pelo mesmo torneio, classificando-se para a final quando venceu o Liverpool.


Será que a história se repete?


No mais, o Chelsea segue firme em seus compromissos e volta as atenções para a Premier League, onde enfrentará a dura equipe do Stoke City fora de casa no próximo sábado.


C'mon, Blues!