É hora de regressar ao gramado, Xavante

Após as polêmicas envolvendo alguns atletas rubro-negros que, inclusive, foram multados por indisciplina; depois da derrota em casa para o Internacional, que definitivamente não foi uma novidade; e após tantas cobranças e críticas, enfim, é hora de regressar as atenções ao gramado.



Clique e curta a página do Xavante da Baixada



Eu gosto de time que briga, na melhor acepção da palavra, e encontro muitos desses elementos no time Xavante. A torcida do Brasil sempre exigiu dedicação dentro de campo, talvez até por reconhecer que os grandes times montados seriam (e ainda são) grandes exceções.


Jonathan Silva/assessoria GE Brasil
Jonathan Silva/assessoria GE Brasil

Os desafios da Série B já são, por si só, demasiadamente grandes para o clube


Atualmente, no entanto, o clube da Baixada desbrava novos territórios, que podem levar sua torcida aos grandes times e às conquistas, num futuro não tão distante. Portanto, após tantos debates, teorias da conspiração e críticas exacerbadas de quem pouco entrega e muito quer receber, é hora de fardar.


O Brasil, inclusive, demonstra querer mais: reforçou o time com o lateral direito Ednei e o atacante Cassiano - ambos disputaram a Série B do ano passado com a camisa do Goiás. No calendário, tem pela frente o forte América-MG em Belo Horizonte no próximo dia 1º.


O foco total não pode fugir do próximo adversário. É preciso sintonia entre diretoria, time e torcida. É a mistura que carrega e mantém em pé o Grêmio Esportivo Brasil há mais de um século. E é a única fórmula confiável para levá-lo ainda mais longe.


Avante com todo o esquadrão, torcida do nosso campeão!