Caminhada do Benfica rumo ao Penta começa com duelo complicado

Isabel Cutileiro/SL Benfica
Isabel Cutileiro/SL Benfica

Último Benfica x Braga na Luz terminou com vitória benfiquista por 3 a 1


"Hoje não é um dia qualquer. Hoje joga o Sport Lisboa e Benfica". O lema da maior torcida de Portugal ganha força em dia de estreia no campeonato. Afinal, é o fim de uma longa espera. O céu parece mais iluminado, o ar parece melhor de respirar, e a motivação aumenta, ao mesmo tempo em que as horas parecem mais vagarosas...


Com os ingressos esgotados para a largada no Estádio da Luz, a torcida dá logo o recado: depois de ajudar a equipe a conquistar o inédito Tetra em 2016/2017, quer continuar a ter papel primordial em um novo desafio. Agora, o pensamento está no 37º título português e no Penta.


A caminhada promete não ser fácil. Começa logo com um duelo complicado frente ao Sporting Braga, nesta quarta-feira (9). É unânime entre os seguidores do futebol da Terrinha que os braguistas são uma das maiores pedras no sapato no Trio de Ferro.


Como não esquecer o último Braga x Benfica no Norte? Um jogo tenso, com poucas chances de gol. Decidido em uma jogada individual de Kostas Mitroglou, aos 35 minutos do segundo tempo. O atacante grego, dentro da área e sem opções de passe, fintou três defensores do time da casa e anotou o único gol da partida, o qual manteve os benfiquistas no topo da tabela - fato que continuou até o fim do certame, felizmente. Portou-se como um mágico a tirar o coelho da cartola.


Em território encarnado, o último embate também terminou com vitória lisboeta: 3 a 1, com dois gols de Mitroglou e um de Pizzi.


Mas agora é hora de focar no que está por vir. Lesionado, Mitroglou não será opção para o técnico Rui Vitória. Em pleno início de temporada, o Departamento Médico do clube já está cheio. Também ficarão de fora do pontapé inicial da Primeira Liga 2017/2018 o lateral-esquerdo Grimaldo e os meias André Horta, Zivkovic e Carrillo.


Veja aqui a tabela do Benfica no Campeonato Português, com destaque para o dérbi com o Sporting em Alvalade na penúltima jornada


Reprodução/SL Benfica
Reprodução/SL Benfica

Casa cheia: ingressos para SL Benfica x SC Braga estão esgotados


Lesões voltam a atormentar o Benfica; garotos da base são os destaques da lista de relacionado


Na lista de relacionados, destaque para a presença de muitos pratas da casa: o goleiro Bruno Varela (que vem de atuação segura contra o Vitória de Guimarães, na Supertaça), o defensor Aurélio Buta (júnior que subiu para o Benfica B na segunda metade de 2016/2017) e os meias Diogo Gonçalves (o Blog Glorioso Encarnado o colocou entre os destaque da base em junho passado) e João Carvalho (outra cria do SLB já mencionada pelo blog, ele esteve emprestado, na época passada, ao Vitória de Setúbal, onde pegou muita cancha).


Outra novidade é a presença do meia eslovaco Martin Chrien, jovem contratado junto ao clube tcheco Viktoria Plzen recentemente.


Filosofia do Benfica é clara: pensar jogo a jogo


Reprodução/SL Benfica
Reprodução/SL Benfica

Tudo a postos para a estreia do Benfica na I Liga 2017/2018: Rui Vitória, que busca seu terceiro Campeonato, fala em 'pensar jogo a jogo'


Vale salientar a postura correta de Vitória ao mencionar que, em meio à ansiedade dos adeptos para o que o futuro reserva, o pensamento do elenco se concentra no jogo a jogo. "Pensar na 34ª rodada? Só em maio", frisou em entrevista coletiva. "Queremos muito vencer (o campeonato), temos esta ambição. Mas pensar a longo prazo... O que importa é o jogo desta quarta-feira. Fazemos isto gradualmente, passo a passo", completou.


Foi com esta postura, tratando cada partida como uma decisão, que o Benfica não desistiu do tricampeonato, quando o título de 2015/2016 parecia estar entre Sporting e Porto, e terminou a época com 88 pontos, a melhor campanha da história do futebol lusitano. Foi com esta postura que o Benfica mostrou mais força que o Porto e chegou ao Tetra em 2016/2017.


E a filosofia tem de continuar.


Técnico do Braga dá recado: "É impossível competir com o Benfica financeiramente, mas desportivamente podemos nivelar forças"


Getty Images
Getty Images

Abel Ferreira (centro) em ação durante o jogo de ida entre AIK e Braga, disputado na Suécia e válido pela terceira fase eliminatória da Uefa Europa League 2017/2018


Em destaque no intertítulo desta prévia, a frase do treinador do SC Braga, Abel Ferreira, mostra que o Braga quer aprontar na Luz. Apesar do ambiente hostil a ser encarado pelos seus jogadores, ele quer sangue nos olhos. "Se queremos ser os melhores, temos que defrontá-los olho nos olhos. Sempre juntos, organizados e à procura do gol. É o que eu espero da minha equipe", ressaltou em conferência de imprensa.


Vale lembrar: os arsenalistas já têm mas ritmo de jogo, tratando-se de compromissos sérios na temporada. Vêm de uma eliminatória desgastante contra o AIK, da Suécia, na Uefa Europa League. A classificação aos playoffs do torneio continental veio no último minuto da prorrogação, em casa - a vaga na fase de grupos será disputada com o Hafnarfjordur, da Islândia. O Benfica deve esperar um Braga pilhado, já acostumado a adversidades e com sede de vitória.


Por outro lado, Abel destacou a dinâmica do time de Rui Vitória. "É forte, tem dominado o futebol português nos últimos anos e deve ter apenas uma novidade na escalação. O resto dos jogadores conhece bem o clube e a dinâmica do seu treinador. Eu admito a postura de Rui Vitória, desde os tempos em que ele trabalhou no Fátima", afirmou.


E foi inteligente ao jogar a responsabilidade para os oponentes. Ao mesmo tempo, falou em tom de desafio. "O Benfica tem um time melhor e um treinador melhor, mas veremos em campo se tem conjunto melhor e estratégia melhor", pontuou.


Prontos para mais um campeonato


No mais, espera-se para as Águias um adversário à altura. Começar o campeonato dessa forma, depois de uma decisão contra outro grande escrete, o Vitória de Guimarães, será importante para pilhar o time nesta temporada, a qual promete ser mais difícil que as anteriores.


O Sporting trouxe reforços pontuais. O Porto apostou pesado em um treinador da "nova geração" do país: Sérgio Conceição, idolatrado pela torcida do Nantes, da França. Devem correr por fora os encardidos de sempre - Braga e Vitória de Guimarães.


Nunca acharíamos que seria fácil. E já tínhamos saudades da Liga, devemos admitir...


Benfica, dá-nos o 37!