Bayern vence, mas trouxe mais dúvidas para a torcida

Depois da derrota fora de casa para o Hoffenheim, no sábado, o jogo de hoje contra o Anderlecht pela Champions League em casa era a oportunidade perfeita para o Bayern de Munique mostrar serviço e aliviar os medos da torcida. Infelizmente, mesmo com a vitória por 3 a 0, não foi isso que aconteceu.


Mesmo abrindo o placar aos 12 minutos, com Lewandowski de pênalti, e contando com um jogador a mais - Kurms foi expulso no lance em que cometeu o pênalti em cima do polonês -, o Bayern não convenceu. O primeiro tempo começou com os donos da casa indo para cima e tentando jogadas rápidas, porém, pouco depois do gol, parecia que os bávaros estavam satisfeitos com o placar. A velocidade foi reduzida até o intervalo.


Getty Images
Getty Images

Após sofrer pênalti, Lewandowski abriu o placar aos 12 minutos de partida e aliviou a barra do Bayern no jogo


Com um a mais, o Bayern tomou alguns sustos do ataque belga. Claramente com o ônibus estacionado e apostando em contra-ataques, o Anderlecht assustou em dois momentos durante o jogo e inclusive com uma bola na trave de Neuer.


No segundo tempo, aos poucos o Bayern foi melhorando na partida e conseguiu aumentar a vantagem em um raro momento de desatenção da zaga belga, quando Kimmich achou Thiago Alcántara dentro da área. Pouco depois, em cobrança de escanteio, Süle marcou seu gol, mas o juiz anulou incorretamente. Logo no final do jogo, Kimmich marcou seu gol em uma ótima jogada, com um excelente passe de Boateng.


Porém, mesmo com o placar de 3 a 0, o futebol do Bayern deixou a desejar. Este foi, ao menos na teoria, o confronto mais fácil que os bávaros terão na fase de grupos, e uma exibição fraca como essa, abrindo o placar logo cedo e com um jogador a mais durante praticamente o jogo, é algo extremamente preocupante.


Getty Images
Getty Images

Ancelotti precisa urgentemente achar uma maneira do time voltar a jogar melhor e render mais em campo


Talvez o fato mais preocupante sejam as ações e declarações de alguns jogadores. Ao sair de campo para a entrada de Müller, Ribery ficou visivelmente contrariado e jogou a camisa no banco. Robben disse que a exibição foi muito ruim e que o time deve mais a torcida, enquanto Lewandowski parece não estar 100% ligado ao time. Declarações e posturas que podem acarretar em novos problemas entre jogadores, diretoria e comissão técnica.


Não se pode ignorar que o Anderlecht veio para se defender com unhas e dentes e, mesmo com um a menos e atrás no placar, continuou com sua filosofia e deu poucos espaços para o ataque. Mas, depois de uma pré-temporada péssima, da derrota de sábado e de muito burburinho, discussões e declarações polêmicas, esta era a grande chance do Bayern de apagar um pouco do fogo que está começando a aumentar em Munique. Porém, pelo visto, essa partida só adicionou um pouco de mais lenha na fogueira que se formou.